Tópicos | Compesa

As chuvas do mês de abril recuperaram barragens do Sertão de Pernambuco após um longo período de seca. Desta vez, saíram do colapso as barragens de Nossa Senhora de Lourdes, no município de Solidão, e a Barragem José Antônio, em Santa Terezinha. 

Também foi recuperada a Barragem de Travessão, em Tabira, no Agreste de Pernambuco, que atingiu a sua capacidade máxima e está vertendo. Ela voltou a fornecer água para o distrito de Borborema, na zona rural do município. 

##RECOMENDA##

A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) já retomou a distribuição de água pela rede em Solidão enquanto os moradores de Santa Terezinha devem voltar a ter água nas torneiras até a próxima quarta-feira (25). O município de Solidão entrou em colapso no mês de fevereiro deste ano e agora o seu manancial atingiu aproximadamente 40% do volume total.

Em Santa Terezinha, a Barragem José Antônio, que estava seca desde dezembro de 2016, registra 26% de sua capacidade máxima. A Compesa realiza ajustes na Estação de Tratamento de Água para voltar a abastecer a população de Santa Terezinha, cerca de 12 mil pessoas. O sistema ainda recebe contribuição da Barragem do Tigre, que também conseguiu acumular água com as chuvas deste ano. Mas para utilizar água do Tigre, a companhia realiza um serviço de manutenção na adutora que transporta água da barragem até a ETA.

Alguns bairros da Zona Norte do Recife estão sem água, desde a noite dessa quarta-feira (11), devido a suspensão na Estação Elevatória dos Morros (sistema de bombeamento). As localidades atingidas são Água Fria, Alto José Bonifácio, Alto Santa Terezinha, Ponto de Parada, Porto de Madeira, Alto do Pascoal, Ladeira de Pedra, Alto Antônio Meira, Alto do Deodato e Alto do Brasil.

De acordo com a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), o serviço ficará suspenso durante 24 horas, com retomada prevista para às 18h desta quinta-feira (12), seguindo o calendário de cada bairro. Mais de 92 mil moradores ficarão sem água na torneira.

##RECOMENDA##

Por André Cabral

 

 

Entre as barragens beneficiadas pelas chuvas da última semana, a recuperação da Barragem de Jucazinho, no município de Surubim, foi a mais comemorada. A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) informou que o Diretor Regional do Interior da Companhia, Marconi de Azevedo, fez uma visita técnica na última segunda (9) à barragem e avaliou que, dentro de 30 dias, a Compesa deve começar a captar água do volume morto do reservatório, por meio de uma bomba flutuante.

“O normal seria aguardar que o nível superasse o volume morto para o início da retirada  de água, mas diante da necessidade de atendimento das cidades abastecidas pela barragem, iremos fazer algumas adequações para a captação provisória”, adiantou o diretor.

##RECOMENDA##

A represa, que voltou a acumular água depois de um ano meio em colapso, é o maior reservatório para abastecimento humano do Agreste e tem capacidade para armazenar mais de 327 milhões de metros cúbicos de água. O reservatório registra agora 2,58% do seu nível normal de armazenamento, volume que corresponde a 8,4 milhões de metros cúbicos de água e é responsável pelo abastecimento de 15 municípios do Agreste, dentre eles, Surubim, Cumaru e Passira.

De acordo com a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), a previsão para esse ano é de chuvas dentro da média na região Agreste, ou seja, cerca de 700 milímetros durante o período chuvoso. Se considerar que a temporada de inverno oficial das regiões do Agreste, Zona da Mata e Metropolitana do Recife apenas começou, tendo em vista que a fase chuvosa vai de abril até julho, há esperanças de que o manancial possa melhorar o seu nível ainda mais.

Na Região Metropolitana do Recife, uma das barragens beneficiadas pelas chuvas foi a de Botafogo, em Igarassu, principal fonte hídrica que compõe o sistema de distribuição de água das cidades de Olinda, Paulista, Igarassu e Abreu e Lima. Nos últimos oito dias, o manancial subiu 6,75% do seu nível, saiu de 20,66% para 27,41% da sua capacidade de armazenamento.

No mesmo período, as barragens de Várzea do Una, em São Lourenço da Mata, e Duas Unas, em Jaboatão dos Guararapes, também ganharam volume, e registram 70,22% e 72,52%, respectivamente. A Barragem de Tapacurá, também localizada em São Lourenço da Mata, teve um pequeno aumento de 1,11% e alcançou 58,51% da sua capacidade de acumulação.

No Sertão do Pajeú, onde já está quase no final do período invernoso, alguns mananciais também foram beneficiados. A Barragem de Brotas, localizada em Afogados da Ingazeira e que possui 19,6 milhões de metros cúbicos de água, está fluindo bem depois das chuvas. A Barragem de Boa Vista, em Itapetim, que estava seca desde janeiro deste ano, acumulou 9,2% da sua capacidade máxima, que é de 1,6 milhão de metros cúbicos de água.

por Larissa Braz

Bairros do município de Paulista, na Região Metropolitana do Recife (RMR), ficarão sem água por 36 horas. Moradores de Maranguape I e II, Arthur Lundgren I e II, Jaguarana, Pau Amarelo, Engenho Maranguape e Riacho da Prata terão o serviço suspenso das 20h desta quinta-feira (5) até às 8h do sábado (7), para a realização de uma obra de interligação nas redes de abastecimento.

A paralisação parcial do Sistema Botafogo vai afetar cerca de 100 mil pessoas. De acordo com a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), após o término da paralisação a retomada do abastecimento ocorrerá de forma gradativa e seguirá o calendário vigente de cada localidade afetada.

##RECOMENDA##

Ainda conforme a Companhia, após a implantação da nova adutora e da obra de interligação das redes distribuidoras, haverá ainda um período de 60 dias no qual serão realizados os testes e ações complementares na rede, visando à regularização do abastecimento.

A Compesa afirma que esse conjunto de ações permitirá uma melhoria na oferta de água para cerca de 20 mil pessoas e, inclusive, poderá reduzir o regime de rodízio nos bairros. A expectativa é possibilitar uma expansão de 70% na oferta do abastecimento possibilitando um avanço no sistema Botafogo.

Por André Cabal

Uma manutenção emergencial no Sistema Caixa D’Água vai deixar oitenta mil pessoas sem água nesta terça-feira (27). A paralisação do abastecimento deve atingir oito localidades da Zona Norte do Recife. De acordo com a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), o sistema será desligado às 6h da manhã e a previsão é retomar a operação da unidade de abastecimento às 18 horas. 

Ainda segundo a companhia, a interrupção do fornecimento de água será necessária para que os técnicos realizem manutenção nos conjuntos motobombas e também façam a substituição de dois registros dessa unidade operacional. Dois Unidos, Alto da Esperança, Vale do Senhor, Córrrego do Ouro, Córrego do Euclides, Alto Treze de Maio, Alto Mundo Novo e Minerva ficarão sem água durante a manutenção da Compesa. Dúvidas e informações podem ser obtidas através do telefone 0800 081 0195.

##RECOMENDA##

Um serviço de manutenção da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) no Sistema Botafogo vai suspender o abastecimento de água nas cidades de Olinda e Paulista a partir das 8h desta terça-feira (13). A paralisação segue até a próxima quinta-feira (15) e deve atingir 450 mil pessoas de Olinda e dos bairros de Sítio Fragoso,Tabajara, Roseira, Jardim Paulista Alto e Baixo e Mirueira, em Paulista.

De acordo com a Compesa, a estação elevatória, que destina água tratada para o Reservatório de Navarro, precisará ser desligada para que seja feito o esvaziamento total da adutora e do reservatório, possibilitando a execução dos serviços. No bairro da Mirueira, uma equipe de 25 profissionais vai realizar a intervenção que prevê a instalação de uma válvula na Adutora de Navarro, tubulação com 800 milímetros de diâmetro. Também serão feitas interligações para a substituição de um trecho com 300 metros de extensão dessa adutora. 

##RECOMENDA##

Após a conclusão dos serviços, será retomada a operação do sistema, quando será iniciado o processo de regularização do abastecimento das áreas afetadas. A normalização ocorrerá de acordo com o calendário de cada bairro. Para informações sobre o retorno do calendário de distribuição é preciso ligar para o atendimento da Compesa, através do número 0800 081 0195.

A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) irá paralisar, a partir das 8h da quinta-feira (8), uma das estações elevatórias do Sistema Alto do Céu para serviços de manutenção emergencial. A intervenção afetará o abastecimento de água de 29 localidades do Recife e uma em Olinda.

De acordo com a Compesa, uma válvula que está danificada irá ser substituída. Um registro de uma adutora de 800 mm também receberá manutenção, além de outras intervenções.

##RECOMENDA##

Os locais afetados serão: Água Fria, Aflitos, Alto José Bonifácio, Alto Santa Terezinha, Linha do Tiro, Alto do Deodato, Alto do Pascoal, Alto Antônio Meira, Alto do Brasil, Córrego do Tiro,  Alto do Pereirinha, Arruda, Beberibe, Bomba do Hemetério, Cajueiro, Campina do Barreto, Casa Amarela, Encruzilhada, Espinheiro, Fundão, Hipódromo, Jaqueira, Mangabeira, Mangueira, Parnamirim, Ponto de Parada, Porto da Madeira, Rosarinho, Tamarineira, além de São Benedito, em Olinda.

A previsão é que os trabalhados sejam concluídos por volta das 18h da própria quinta-feira. A falta de água afetará 92 mil pessoas. 

A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) realiza uma obra de esgoto "emergencial" na Rua Imperial, bairro de São José, área central do Recife. A intervenção é feita após a identificação, na madrugada desta quinta-feira (22), de um trecho da rede coletora de esgoto danificado.

Segundo o órgão, os técnicos constataram a necessidade de substituir 30 metros de tubulações, de 400 milímetros de diâmetro. A ação visa melhorar o fluxo de esgoto na região, evitando  eventuais pontos de obstrução na via. Para o serviço, a faixa da esquerda da Rua Imperial, no cruzamento com a Rua Dormentes, foi interditada ao tráfego de veículos.

##RECOMENDA##

A previsão é que a obra seja concluída até às 9h desta sexta-feira (23). A intervenção é realizada pela  BRK Ambiental, parceira privada da Compesa no Programa Cidade Saneada.

Então vejamos meus caros leitores, acreditem os senhores e senhoras mas sem alarde e após mais de cinco anos, o ministro Fux, finalmente liberou para votação da corte uma ação que questiona diversos penduricalhos concedidos a magistrados do TJ do falido, acabado e quebrado estado do Rio de Janeiro. O ministro pediu vista do processo em 2012, após o relator do caso, Ayres Britto, votar pela inconstitucionalidade de artigos que criavam, entre outras benesses, auxílios de saúde, pré-escolar, alimentação, adicional de permanência e gratificações. Por isso esse país cada vez mais se distancia de ser uma democracia séria. Com o gesto, o ministro atendeu a demanda de juízes federais que não queriam ser os únicos alvos do movimento nacional que pode acabar com o auxílio- moradia. Eles pediam uma reanálise geral, inclusive sobre os benefícios dos colegas que atuam na esfera estadual e de integrantes de outros Poderes. A enormidade de penduricalhos concedidos pela norma à Justiça do Rio, Estado de Fux e no qual sua filha atua como desembargadora, foi destacada no voto de Ayres Britto. Há até a previsão de “licença especial de três meses, com vencimentos integrais”, a cada cinco anos de serviço. Como se diz em alto e bom tom o ditado brasileiro sempre prevalece por aqui, “farinha pouca meu pirão primeiro”. Como este país vai dar certo? Nunca.

Carnaval de Petrolina 

O som do maracatu e outros ritmos da cultura pernambucana deram as boas-vindas aos festejos de Momo na capital do São Francisco. A tarde do último sábado (03), foi de alegria e muita diversão no tradicional encontro dos blocos ‘Baque Opará’ e ‘8 Furos’, na Praça 21 de Setembro, área central da cidade.

Dez anos

Em sua 10ª edição, o cortejo chegou e transformou a cidade em uma verdadeira apoteose da folia levando a alegria de sempre, que é a marca registrada do evento.

Grupo de Oposição oficializa aliança com Diogo Moraes

Nesta última sexta-feira (02), em Brejo da Madre de Deus, agreste pernambucano, o grupo de oposição do município realizou um ato político, seguido de coletiva de imprensa, para firmar uma aliança com o deputado estadual Diogo Moraes (PSB).

Presenças

Do município brejense, estiveram presentes o líder da oposição na Câmara de Vereadores, Rubinho Nunes, e os vereadores Avecino, Júnior de Miguelão, Jobson Barros, Val e o ex-vice-prefeito Zé Dercílio. Também estiveram presentes suplentes, lideranças comunitárias e pessoas da comunidade brejense, que demonstraram apoio à nova coalizão política do Agreste. 

Mais gente

Outras lideranças políticas da região do Polo de Confecções do Agreste também participaram, como o prefeito de Taquaritinga do Norte, Lero Ivanildo, os vereadores de Santa Cruz do Capibaribe Júnior Gomes e Ronaldo Pacas, além de Fábio Mamão, líder da oposição em Jataúba e Prudêncio Gomes, de Toritama. Com as presenças registradas, o evento, que foi marcado para declarar apoio no município, foi amplificado e se destacou como uma grande reafirmação da representatividade do parlamentar junto às lideranças políticas do Agreste Setentrional.  

Diogo em campanha

O deputado destacou ainda que este é o momento de realizar parcerias alinhadas pelo grupo. “O diálogo no campo político se dá quando um grupo se une em prol de trocar ideias, aprumar um caminho, fazendo o melhor pelos os cidadãos. Chegou o momento de diálogo com esse grupo.

Compesa define esquema especial de abastecimento para o Carnaval

Um dos mais importantes polos do Carnaval de Pernambuco, Olinda contará com um esquema especial de abastecimento de água para a festa de Momo deste ano. A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) fez ajustes operacionais no sistema para garantir a distribuição de água, todos os dias, nos principais focos de folia da cidade, que se concentram no Sítio Histórico.

Abastecimento

O regime especial de fornecimento de água diário vai funcionar a partir da próxima quarta-feira (7) e segue até 14 de fevereiro, da seguinte forma: no horário das 6h às 13h, serão abastecidos o Monte, Amparo, Guadalupe, Bonsucesso e Barreira do Rosário; e no período das 13h às 24h, serão atendidas as localidades da Ribeira, Carmo, Varadouro, Rua 13 de Maio, Rua da Bertioga, Carmo, Alto da Sé, São Francisco, Santa Tereza, Umuarama, V8, Amaro Branco e Ilha do Maruim.

Recife

Para o Carnaval do Recife, a Compesa manterá o mesmo regime de abastecimento já praticado nos bairros, tendo em vista que os principais corredores e polos de folia na cidade, como o desfile do Galo da Madrugada, ocorrerão em áreas onde o fornecimento de água é contínuo. A companhia também programou um reforço no abastecimento de água em outras cidades que costumam receber uma maior concentração de foliões e veranistas, nesta época do ano. 

Interior

Em Bezerros, no Agreste Central, entre os dias 10 e 14 de fevereiro, a companhia programou realizar o abastecimento diário para as áreas que recebem o maior fluxo de visitantes e onde ocorrem os desfiles dos blocos, como a festa Folia dos Papangus, que são os bairros do Rosário, do Cruzeiro (parte baixa), São Sebastião, Centenária e Centro.

Praias

Na Praia de Porto de Galinhas, um dos destinos mais procurados no Litoral Sul durante o Carnaval, a distribuição de água será realizada durante 24 horas, graças ao novo sistema adutor que foi colocado em operação, em outubro do ano passado, e permitiu dobrar a oferta de água para o balneário. Mesmo nas épocas de alta temporada, quando há o aumento do fluxo de pessoas na região, o sistema garante a regularidade do abastecimento de água em Porto de Galinhas.

Litoral norte

No Litoral Norte, nas localidades de Pau Amarelo, Maria Farinha, Conceição, Janga, no Paulista, além de Ponta de Pedras, em Goiana, e na Ilha de Itamaracá, o abastecimento de água seguirá o calendário normalmente, mas ganhará um reforço por meio de carros-pipa, que podem ser solicitados pelo serviço de teleatendimento da Compesa no telefone 0800 081 0195 (24 horas).

“Pernambuco tem contas organizadas porque se preparou para enfrentar a crise” quem diz é o deputado Tadeu Alencar

O deputado federal Tadeu Alencar (PSB) lembra que Pernambuco mantém o equilíbrio das contas estaduais, honrando compromissos, ao mesmo tempo em que investe em todas as regiões do Estado. O deputado destaca que as contas organizadas são fruto da capacidade de gestão do governador Paulo Câmara, que preparou o Estado para enfrentar a crise econômica nacional.

Armando se engaja no movimento para retomar construção da Barragem Engenho Pereira, em Moreno

O senador Armando Monteiro (PTB-PE) esteve com o prefeito de Moreno, Vavá Rufino (PTB), nesta sexta-feira (2), e reafirmou seu engajamento na mobilização pela retomada da construção da Barragem Engenho Pereira. A obra – executada pelo governo do Estado – teve início em 2013, mas foi paralisada no ano seguinte. Ao gestor, Armando prometeu articular-se com a bancada federal de Pernambuco, de modo a garantir mais recursos ao empreendimento, através de uma nova emenda de bancada. Além disso, o petebista vai viabilizar audiências com o Ministério da Integração Nacional e a Presidência para tratar do projeto.

Para viabilizar a instalação de uma válvula na Rua Cinco de Novembro, no bairro de Afogados, Zona Oeste do Recife, a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) vai paralisar o fornecimento de água, por 31 horas, a partir das 17h desta segunda-feira (29). A suspensão do abastecimento atingirá 33 bairros do Recife.

Segundo a Companhia "a iniciativa integra o projeto de Setorização da cidade do Recife, que consiste no isolamento dos bairros em setores de distribuição, com a instalação de equipamentos de controle de vazão e pressão, como válvulas e registros, com o objetivo de equilibrar e controlar as pressões nas redes de distribuição, além da implantação de novas tubulações".

##RECOMENDA##

O abastecimento de água será suspenso nos seguintes bairros: Espinheiro, Boa Vista, São José, Ilha do Retiro, Paissandu, Coque, Santo Antônio, Madalena, Recife Antigo, Jiquiá, Pina, Prado, Joana Bezerra, Afogados, Zumbi, Bongi, Santo Amaro, Derby, Torre, Imbiribeira, Coelhos, Jaqueira, Soledade, Rosarinho, Ilha do Leite, Mangueira, Cabanga, Aflitos, Graças, Mustardinha, Brasília Teimosa, San Martin e Encruzilhada. A Compesa diz ainda que "vai aproveitar a paralisação para realizar serviços de manutenção preventiva no sistema". 

Essa ação faz parte do segundo lote das obras de setorização das redes de distribuição do Recife, orçado em R$ 55 milhões, com recursos da Caixa Econômica (FGTS), Governo do Estado e Compesa. Sendo uma das últimas intervenções a serem realizadas neste lote.

Já foi implantado o alimentador principal do distrito referente aos bairros de São José, Santo Antônio e Cabanga. Estando em fase de testes os alimentadores de outros dois distritos de Boa Viagem. A previsão é que todas as ações referentes ao segundo lote da setorização sejam concluídas até o final de fevereiro.

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) realizará uma audiência pública no dia 29 de janeiro sobre as condições de abastecimento de água nem Olinda, Região Metropolitana do Recife (RMR). Segundo o órgão, o abastecimento na cidade continua sendo criticado pelos moradores.

O encontro ocorrerá após audiência realizada em agosto de 2017. Na ocasião, lembra o MPPE, a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) garantiu que aconteceriam melhorias no abastecimento dos bairros de Rio Doce, Jatobá, Fragoso, Jardim Atlântico e Casa Caiada até o final de outubro de 2017. 

##RECOMENDA##

A população, entretanto, continua se queixando do descumprimento do calendário de distribuição ou da pressão da água nos dias previstos para abastecimento. A Compesa também não estaria disponibilizando carros-pipa. 

Os interessados em participar da audiência e que desejam manifestar opinião devem comparecer ao local para registar o nome. As inscrições serão admitidas até as 14h30 da data do evento.

 

Estão convidados representantes da Compesa, Prefeitura de Olinda, Câmara de Vereadores de Olinda e os Procons estadual e municipal. A audiência acontecerá das 14h às 17h na sede das Promotorias de Justiça de Olinda, situada na Avenida Pan-Nordestina, nº 646, Vila Popular. 

Os moradores de Olinda, na Região Metropolitana do Recife, receberão na cidade uma obra a fim de corrigir um trecho danificado na rede coletora de esgoto na Avenida Coronel Frederico Lundgren, em Rio Doce. Os trabalhos terão início às 9h da próxima segunda-feira (15) e, por conta disso, linhas de ônibus mudarão o itinerário.

De acordo com a Compesa, o problema foi identificado durante uma inspeção de rotina. As obras acontecerão especificamente no cruzamento com a Rua Manoel Graciliano de Souza. Ainda conforme as informações, haverá a alterando o percurso de nove linhas de ônibus que trafegam no local. A Compesa explicou que a previsão é de concluir os serviços até a quarta-feira (17).

##RECOMENDA##

Confira as linhas que sofrem alteração:

882-TI Xambá/Rio Doce (Carlos de Lima Cavalcanti)

1981-TI Rio Doce(Conde da Boa Vista)

1986-TI Rio Doce/TI PE-15

Desvio:

...Rua Manoel Graciliano de Souza, Rua Rogaciano de Santana , Rua Delmiro M. da Purificação, Av. Cel. Frederico Lundgren, Rua Propria, Rua Estudante Cláudio Uchôa C. Filho, Rua 01 (Rua Clídio de Lima Nigro), Rua Fenelon Ático Leite...

Já as linhas 910 e 1960 terão outro itinerário:

910 – Barra de Jangada/Rio Doce

1960 - Maria Farinha/Casa Caiada

Desvio:

...Rua Manoel Graciliano de Souza, Rua Rogaciano de Santana, Rua Delmiro M. da Purificação, Av. Cel. Frederico Lundgren, Av. Brasil...

A linha 1973-Casa Caiada terá uma pequena mudança:

Desvio:

...Rua Manoel Graciliano de Souza, Rua Rogaciano de Santana, Rua São João Batista...

As linhas 910 e 1987 terão a seguinte mudança:

910-Piedade/Rio Doce

1987-TI Rio Doce (Príncipe)

Sentido: Recife / Olinda:

Desvio:

...Av. Gov. Carlos de Lima Cavalcanti, Av. Cel. Frederico Lundgren, Rua 01 (Rua Clídio de Lima Nigro), Rua Fenelon Ático Leite, Av. Jules Rimet, Av. Brasil...

Sentido: Olinda / Recife

Desvio:

... Av. Brasil, Av. Jules Rimet, Rua Fenelon Ático Leite, Rua 01 (Rua Clídio de Lima Nigro), Av. Cel. Frederico Lundgren , Rua Belo Horizonte, Rua Almirante Tamandaré, Av. Gov. Carlos de Lima Cavalcanti...

Confira as mudaças nas linhas 1907 e 1996

1907-Paulista/Rio Doce(Via Bultrins);

1996 – Arthur Lundgren/Rio Doce (Paratibe).

Desvio:

... Av. México, Av. Brasil, Av. Jules Rimet, Rua Fenelon Ático Leite, Rua 01 (Clídio de Lima Nigro), Rua Estudante Cláudio Uchôa C. Filho, Primeira Travessa Leão, Av. Cel. Frederico Lundgren, Rua 01 (Rua Clídio de Lima Nigro), Rua Fenelon Ático Leite, Av. Jules Rimet, Av. Brasil, Av. México...

Já no atendimento Nobre, a linha 1907 – Paulista/ Rio Doce terá um desvio diferente:

Desvio:

...Av. México, Av. Brasil, Av. Jules Rimet, Rua Fenelon Ático Leite, Rua 01 (Rua Clídio de Lima Nigro),Rua Estudante Cláudio Uchôa C. Filho, Primeira Travessa Leão, Av. Cel. Frederico Lundgren, Rua 01 (Rua Clídio de Lima Nigro), Rua Fenelon Ático Leite, Av. Jules Rimet, Av. Brasil, Av. México...

Os prefeitos de Jaboatão dos Guararapes, Anderson Ferreira (PR), e de Moreno, Vavá Rufino (PTB), uniram-se para cobrar a construção da Barragem do Engenho Pereira, que deve contemplar o abastecimento de água das duas cidades da Região Metropolitana do Recife (RMR), além de parte de Vitória de Santo Antão e Bonança, na Mata Norte. A obra é de responsabilidade do Governo do Estado, através da Compesa, mas está paralisada há três anos por falta de recursos. 

Anderson Ferreira recebeu Vavá, nesta quinta-feira (11), em seu gabinete para discutir o assunto. O republicano disse que marcará uma audiência com a direção da Compesa e irá junto com o prefeito de Moreno, para cobrar a retomada da construção.

##RECOMENDA##

“O Governo do Estado precisa entender a dimensão dessa barragem, que beneficiará a população de duas cidades importantes da Região Metropolitana. Foi por isso que eu e o prefeito Vavá Rufino marcamos esta reunião, porque aqui não entra questão partidária. Temos responsabilidade com nossos cidadãos e não podemos ver uma obra desse tamanho paralisada por falta de recursos”, afirmou Ferreira.

Durante o encontro, Vavá Rufino também convidou o gestor jaboatonense para uma audiência pública que acontecerá no próximo dia 23, no Sesi de Moreno, quando estarão reunidos representantes de vários setores para cobrar do Estado a conclusão da Barragem do Engenho Pereira.

O prefeito de Moreno disse que uma emenda de R$ 6 milhões foi apresentada pela bancada federal de Pernambuco ao Orçamento da União. “Defendo uma ampla articulação e mobilização junto aos governos Federal e Estadual para a obtenção de uma suplementação orçamentária para viabilizar a obra. Em maio do ano passado, estive com o ministro da Integração Nacional, Hélder Barbalho, e reivindiquei a retomada da construção e expliquei a ele que é essencial para o abastecimento d’água em Moreno”, contou o petebista.

De acordo com os gestores, já foram investidos cerca de R$ 30 milhões em desapropriações e terraplanagem. Quando ficar pronta, poderão ser acumulados 46 milhões de metros cúbicos de água. Além disso, deve evitar enchentes na região durante o inverno.

Um serviço no Sistema Integrado Tapacurá/Alto do Céu deixará 31 bairros do Recife e um de Olinda sem água entre terça-feira (12) e quarta-feira (13). Ao todo, serão 16 horas de suspensão do abastecimento.

De acordo com a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), será realizada a substituição de uma válvula do sistema, com os trabalhos começando às 16h da terça até as 8h da quarta-feura. 

##RECOMENDA##

Ao todo, 20 profissionais trabalharão na obra. Os bairros afetados são: Aflitos, Água Fria, Alto José do Pinho, Arruda, Bomba do Hemetério, Cajueiro, Campina do Barreto, Torre, Casa Amarela, Casa Forte, Cordeiro, Encruzilhada, Espinheiro, Fundão, Graças, Santo Amaro, Hipódromo, Iputinga, Jaqueira, Madalena, Mangabeira, Monteiro, Morro da Conceição, Tamarineira, Parnamirim, Poço da Panela, Ponto de Parada, Porto da Madeira, Rosarinho, Santana, Torreão, além de Peixinhos, em Olinda. 

 

Um serviço de manutenção emergencial na adutora que abastece localidades de Jaboatão Centro deixará a área sem água até o domingo (12). De acordo com a Compesa, a obra será feita em um trecho da adutora e substituirá aproximadamente 20 metros de tubulação. 

O órgão explicou que o trecho ficou danificado após uma melhoria da pista e canteiro da Avenida General Manoel Rabelo. Diante disso, o abastecimento em Santo Aleixo, Malvinas, Vista Alegre, Vila Rica Alta, Padre Roma, Bela Vista, Alto da Fábrica 01, Alto da Fábrica 02, Jaboatão Centro, Santo Aleixo Baixo, Indiana, Goiabeira, Francisco de Assis, Engenho Velho Alto e Engenho Velho Baixo será suspenso. 

##RECOMENDA##

A Compesa adianta que a obra tem previsão de término às 17h do domingo e, após isso, a água será reestabelecida gradativamente e ainda conforme calendário. 

Na próxima segunda-feira (23), a partir das 6h, será realizada uma parada do sistema de abastecimento de água que atende 70% da cidade de Camaragibe, na Região Metropolitana do Recife. A paralisação vai durar cinco dias, segue até o sábado (28), às 17h, e é necessária para a Compesa executar uma manutenção emergencial

O serviço será na Estação Elevatória de Água Tratada Viana (unidade de bombeamento), localizada no bairro Viana, e na adutora em aço, de grande porte, que transporta água para o Reservatório de També.

##RECOMENDA##

Segundo a Compesa, a ação busca levar mais eficiência e confiabilidade operacional ao sistema, além de dar continuidade ao  programa permanente de redução e combate às perdas de água, melhorando o abastecimento para a população.

Serão afetados com a suspensão do abastecimento de água os seguintes bairros e localidades da cidade: Alberto Maia, Aldeia, Aldeia de Baixo, Alto das Carmelitas, Alto Sítio dos Mesquitas, Burralho, Burrione, Celeiro, Céu Azul, Estrada de Aldeia, Jardim Teresópolis, Jardim Teresópolis II, João Paulo II, Ponte do Sal, Rosa Selvagem, Santa Mônica, Santana, Tabatinga, Tabatinga Baixa, Timbi, UR-07 Várzea, Vale das Pedreiras, Santa Terezinha e Santa Maria.

Várias equipes da Compesa serão mobilizadas para executar a manutenção na EEAT Viana, que acontecerá em duas etapas. Com o término da manutenção, no dia 28, a distribuição de água será restabelecida de acordo com o calendário de cada área.

Com informações de assessoria

Quando a conta chega parece soar como uma provocação descarada da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa). Respira fundo quem vai buscar a correspondência. Há quase quatro meses, moradores da rua Castro Alves, em Camaragibe, Grande Recife, não recebem água em suas torneiras.

A rua é divida em três partes porque é cortada duas vezes por outras ruas. Um dos trechos é uma ladeira cujo topo viu água encanada pela última vez no dia 17 de junho.

##RECOMENDA##

O morador Valdecy Luiz de França, de 70 anos, tem um caderno com mais de 100 protocolos de reclamações anotados. Agora, além da ausência de água, ele também está impedido de reclamar do problema. “Disseram que eu não posso abrir novo protocolo nem por telefone, nem presencialmente porque estamos com duas contas atrasadas”, afirma. Vale reforçar que são contas referentes a meses em que a água a que eles têm direito não chegou.

A primeira vez que o LeiaJá entrou em contato com a Compesa foi no dia 4 de agosto. Na ocasião, a companhia respondeu que reconhecia o abastecimento insatisfatório em Camaragibe e que estava instalando válvulas reguladoras de pressão para melhorar a distribuição de água na localidade. Eles prometeram enviar uma equipe na semana seguinte.

Equipes da Compesa, de fato, já estiveram na rua. O problema não foi solucionado, entretanto. Em algumas residências a água chegou timidamente em raras ocasiões. A casa de Valdecy não foi uma delas.

Os moradores dizem que a água só chega na parte baixa da rua, mas não tem pressão suficiente para subir. Um vazamento em um encanamento também estaria contribuindo para o problema.

“Há meses que o abastecimento de água não está acontecendo e as contas estão vindo todos os meses para pagar. Muitas pessoas da rua estão sobrevivendo com a água da chuva ou carro-pipa”, diz Bruno Nunes de Andrade, 30 anos, outro morador. Vários carros-pipa foram solicitados pela população, que se ajuda e compartilha parte da água adquirida. Com o auxílio de uma vereadora, os moradores denunciaram o caso ao Ministério Público de Pernambuco (MPPE). 

Mais uma vez, o LeiaJá entrou em contato com a assessoria da Compesa. A empresa respondeu desta vez que técnicos já estão trabalhando para identificar o que está causando a queda da pressão da água. “Uma equipe técnica estará no local na próxima segunda-feira (9) para realização de uma inspeção em registros e válvulas do sistema de distribuição da área a fim de diagnosticar e resolver a questão”, disse em nota. 

A Compesa fará na próxima terça-feira (19), às 8h, uma intervenção no Sistema Botafogo por 48 horas. Por conta disso, 87 localidades ficaram sem água até o término da obra, programada para as 8h da quinta-feira (21). Conforme a Companhia, o Sistema Botafogo é a principal fonte de fornecimento de água para as cidades de Olinda, Paulista, Igarassu e Abreu e Lima. 

Os trabalhos visam corrigir avarias provocadas durante inverno deste ano, como é o caso de danos hidráulicos, elétricos e eletromecânicos. Ainda, segundo as informações da Compesa, “Apesar da paralisação total do sistema durante esse período, a falta de água ocorrerá apenas em algumas localidades dos quatro municípios - cujos dias de abastecimento (calendário) estão previstos para acontecer no período da intervenção”.

##RECOMENDA##

Confira o quadro elaborado pela Compesa com os locais que ficarão sem abastecimento por 48 horas:

Mais um caso de fraude envolvendo o bar Caldinho do Neném, no Pina, na Zona Sul do Recife, é registrado pela Polícia Civil. De acordo com as autoridades, conexões de canos ligavam a tubulação da Compesa para o interior do imóvel sem passar pelo hidrômetro – relógio que mede o consumo. Isso caracteriza a fraude de água através do consumo não contabilizado. 

“O sistema não é implantado com grandes dificuldades, um bom encanador é capaz de fazer esse tipo de procedimento, no entanto a dificuldade de descobrir é porque a tubulação fica embaixo da terra”, detalha Francisco Maranhão, perito do Instituto de Criminalística. 

##RECOMENDA##

Diante de alguns indícios, a polícia trabalha com a possibilidade de que algum funcionário da Compesa tenha atuado neste sistema ilegal. “Essa suspeita se deu pela presença de uma ligação ao cano-mestre, inclusive passando por baixo do asfalto e geralmente quem faz isso é alguém da empresa. Para esse tipo de ligação, é preciso uma pessoa que entendesse, senão não daria certo”, acrescenta o perito.

Quanto ao tempo de sistema ilegal, a perícia informou não conseguir medir. “Fizemos apenas a constatação dele, a Compesa irá averiguar pela medição do consumo”, esclarece.

De acordo com a Polícia Civil, esses bares são reincidentes em irregularidades. Em agosto, foi constatado o roubo de energia elétrica no Caldinho do Nenén. O proprietário foi preso em flagrante e liberado em audiência de custódia pagando o valor de fiança de R$ 14 mil. “Já no começo do mês de setembro, fomos convocados pela Compesa pela suspeita de que o mesmo estabelecimento e o Barraco – também pertencente ao mesmo grupo proprietário – estariam furtando água”, explicou a delegada Beatriz Leite, titular da delegacia de Boa Viagem.  

Ela ainda detalha que a partir de agora, outros aspectos serão investigados, afinal, o Nenén não é proprietário do estabelecimento. Diante disso, a Polícia Civil irá averiguar a existência de outras irregularidades neste sentido.  

Nesta segunda ação, nenhum proprietário estava presente no local e não houve flagrante. Por conta da reincidência, a delegada afirma que haverá agravamento dos crimes. 

No primeiro dia de fiscalização da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) em bares e restaurantes do bairro do Pina, na Zona Sul do Recife, na terça-feira (5), foram identificadas ligações clandestinas em dois estabelecimentos de classe média. As irregularidades foram identificadas nos restaurantes Caldinho do Nenén e Barraco Gastrobar.  

Segundo a Compesa, o furto estava prejudicando o abastecimento de água dos moradores de comunidades pobres como Beira-Rio e do Bode. A companhia levantou ainda que os estabelecimentos estavam em pleno funcionamento mas constavam no sistema como clientes com água cortada. Como os dois estabelecimentos estavam cortados, as multas serão aplicadas com base na tarifa de agosto.

##RECOMENDA##

Estava prevista para esta quarta-feira (6) a ouvida dos proprietários dos restaurantes na delegacia. O caso está sendo acompanhado pela delegada Beatriz Leite, que só falará sobre o assunto durante coletiva de imprensa na próxima segunda-feira (11).

Energia elétrica

Em agosto deste ano, o proprietário do restaurante Caldinho do Nenén foi preso em flagrante por furto qualificado de energia elétrica após a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) fazer uma denúncia.

O Instituto de Criminalística (IC) identificou um sofisticado dispositivo dentro do medidor de energia. Não era a primeira vez que o estabelecimento apresentava fraude no consumo de energia. 

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando