Tópicos | Copa São Paulo

Depois de ser interrompida na noite última segunda-feira por falta de segurança devido aos raios que caíam próximo a Arena Barueri, a semifinal da Copa São Paulo de Futebol Júnior entre São Paulo e Internacional foi retomada na tarde desta terça-feira - debaixo de um forte calor - e terminou empatada no tempo normal por 1 a 1. Nos pênaltis, melhor para o time paulista, que ganhou por 6 a 5.

A decisão, agora, será contra o Flamengo e vai acontecer na quinta-feira, às 10 horas, no Estádio do Pacaembu. Essa é a décima final que o São Paulo disputará na competição, sendo a primeira desde 2010. O time paulista vai em busca do tetracampeonato.

##RECOMENDA##

Ainda na última segunda-feira, o São Paulo dominou o primeiro tempo e abriu o placar em menos de um minuto. Luan aproveitou ajeitada de Toró e soltou uma bomba no ângulo de Carlos Miguel. O time paulista ainda poderia ter ampliado, mas o goleiro do Internacional defendeu pênalti cobrado por Liziero. Na etapa final, debaixo de muita chuva, Luiz Felipe foi derrubado dentro da área e o árbitro assinalou pênalti para os gaúchos, convertido por Richard.

A partida foi paralisada aos 17 minutos do segundo tempo, devido a uma forte chuva, e voltou nesta tarde debaixo de um intenso calor. Liziero e Igor tentaram para o São Paulo, enquanto Richard, de voleio, e Bruno José, de cabeça, estiveram próximos de marcar para o Internacional. O duelo continuou empatado e a decisão foi para os pênaltis.

Nas penalidades, os times tinham 100% de aproveitamento até a terceira cobrança do Inter, quando Fuchs desperdiçou. O São Paulo teve a chance de avançar na quinta cobrança, mas Carlos Miguel defendeu novamente de Liziero, assim como havia acontecido no tempo normal. Nas alternadas, Córdova desperdiçou a sétima, e Toró garantiu o time paulista na grande final.

O São Paulo assegurou na noite desta segunda-feira (15) a classificação para as quartas de final da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Em Ribeirão Preto, o time da capital paulista derrotou o Cruzeiro pelo placar de 1 a 0, com o gol marcado por Igor, aos 14 minutos da etapa final.

O São Paulo é o quarto time a garantir uma vaga nas quartas de final. Antes, avançaram Santos, Internacional e Vitória, que derrotou o Londrina por 2 a 1, também nesta segunda-feira, e será o próximo adversário do clube Paulistão na Copa São Paulo.

##RECOMENDA##

O JOGO - O Cruzeiro começou o jogo em cima do adversário e foi logo desperdiçando sua melhor chance. Aos dois minutos, Marcelo recebeu na entrada da área e chutou forte. Júnior espalmou e ainda viu a bola bater na trave.

Após o susto, o São Paulo ficou com a posse da bola e dominava as ações, principalmente com Igor e Antony, mas Brazão ia salvando o Cruzeiro. No segundo tempo, o São Paulo foi para cima e acabou abrindo o marcador. Igor foi lançado por trás da defesa do Cruzeiro e tocou na saída de Brazão para fazer 1 a 0. O time mineiro ainda tentou um abafa nos minutos finais, mas Júnior assegurou a classificação do São Paulo com uma bela defesa após tentativa de João Diogo, dentro da grande área.

O Sport está fora da Copa São Paulo de Futebol Junior. O Leão lutou, mas foi eliminado na tarde desta sexta-feira (12), no estádio Fonte Luminosa, em Araraquara-SP, após empatar com o Corinthians por 1x1 e perder na decisão por pênaltis.

O primeiro tempo dos rubro-negros não foi bom. O time criou pouco e viu o Corinthians sair na frente aos 13 minutos. Fabrício Oya cobrou falta na entrada da área com categoria e fez 1 x 0. Aos 18, quase Samuel amplia chutando de fora da área, mas o goleiro Diego voou para defender.

##RECOMENDA##

Na segunda etapa, o Leão acordou e voltou melhor, mas, aos 8 minutos, foi o Timão que quase ampliou, e de novo com Fabricio Oya cobrando falta. Dessa vez, porém, a bola explodiu no travessão.

O troco do Sport veio aos 14. Robinho dominou na grande área, bateu forte, mas também acertou o travessão. Aos 32, a bola pegou no braço de João e o árbitro marcou pênalti para os pernambucanos. João Erick chutou forte no canto dureito e empatou.

O placar não mudou até o final e a decisão foi para as penalidades. Aí prevaleceu a frieza. O Corinthians converteu as quatro cobranças que bateu, enquanto o Sport despediçou duas: uma nas mãos do goleiro e outra para fora. Placar final: 4 x 1  Agora o Timão aguarda o vencedor do confronto entre Ferroviária e São Carlos.

O técnico Júnior Câmara fez um balanço da Primeira Fase da Copa São Paulo, a qual o Sport se despediu classificado. O Sub-20 rubro-negro somou seis pontos, com duas vitórias e uma derrota – avançando para a Segunda Fase em segundo lugar do Grupo 18. Nesta nova etapa, os leoninos irão enfrentar o Corinthians, atual e maior campeão da copinha, com 10 títulos conquistados. O duelo está marcado para esta sexta-feira (12), às 16h15 (do Recife), em Araraquara.

"Nos três jogos que fizemos na Primeira Fase nós que tínhamos que buscar a iniciativa da partida e o gol. Os adversários jogaram no erro da gente e isso foi a principal dificuldade. Quando se joga com a bola e para frente é necessário maturidade. Na copinha não há jogo fácil, mesmo com o baixo investimento de algumas equipes. Temos que ter paciência em alguns jogos e isso vai ser bom para o amadurecimento dos atletas", disse o treinador, que espera uma partida mais aberta contra o Corinthians.

##RECOMENDA##

"Agora iremos enfrentar o Corinthians, em uma reedição da final da Copa do Brasil. Nós vamos ter a oportunidade de nos recuperar. Eles têm uma grande equipe, mas nós também temos um grande time. Será um jogo aberto. Nos outros jogos as equipes jogavam muito confortáveis, só no nosso erro. Agora pegamos um clube grande e os espaços irão aparecer sem muitas dificuldades", concluiu.

Como lembrou Júnior Câmara, Sport e Corinthians reeditam a final da Copa do Brasil Sub-17 2016, já que a maioria dos jogadores das duas equipes é daquela geração. Na ocasião, o Leão foi vice-campeão do torneio.

Do site oficial do Sport

Na partida que fechou a primeira fase da Copa São Paulo de Futebol Junior, o São Carlos bateu o Sport por 1 a 0, nesta quarta-feira, e se classificou em primeiro do Grupo 18, disputado no Estádio Luisão, em São Carlos.

Com o resultado, a equipe pernambucana será adversária do Corinthians na próxima fase, já que os atuais campeões se classificaram na primeira colocação do Grupo 17. O confronto será disputado na Arena da Fonte Luminosa, em Araraquara.

##RECOMENDA##

Já o São Carlos fará um confronto entre clubes do interior de São Paulo com a Ferroviária, segunda colocada do grupo do Corinthians. Como foi líder de sua chave, o São Carlos joga em casa, no Estádio Luisão.

Com o final da primeira fase, estão definidos todos os 32 confrontos da primeira fase de mata-mata. Os segundos colocados de cada grupo enfrentam os primeiros da outra chave, sempre com a partida disputada na sede em que o time que avançou na liderança vinha jogando.

Confira os confrontos da segunda fase:

Guarani x Atlético-PR

Votuporanguense-SP x Criciúma

Figueirense x Novorizontino

Santos x Mirassol

Atlético-GO x Boavista

Internacional x XV de Jaú

Penapolense x Mogi Mirim

Marília x Desportiva Paraense

Ponte Preta x Botafogo-SP

São Paulo x Chapecoense

Paraná x Batatais

Cruzeiro x Rio Branco-SP

Botafogo x Desportivo Brasil-SP

Londrina x Capivariano-SP

Vitória x Ituano

Vila Nova x Primavera-SP

São Carlos x Ferroviária

Corinthians x Sport

Red Bull Brasil-SP x Volta Redonda

Avaí x Itapirense-SP

Flamengo x Elosport-SP

Coritiba x Aimoré-RS

Audax-SP x Real-DF

Joinville x Atlético-MG

Ceará x Água Santa-SP

Vasco x São Bernardo

Palmeiras x Botafogo-PB

Bahia x Taubaté

Goiás x Trindade-GO

Grêmio x Guarulhos

Santo André x América-MG

Portuguesa x São Paulo-AP

Assim como era esperado, o Corinthians goleou o Pinheiro-MA por 5 a 0, neste domingo, na Arena da Fonte Luminosa, em Araraquara (SP), e garantiu a classificação antecipada para a segunda fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior. O resultado também garantiu a vaga da Ferroviária no Grupo 17, que mais cedo venceu o Corumbaense-MS por 2 a 0 nesta segunda rodada. Em Jundiaí (SP), no Grupo 20, o Avaí venceu o São José-RS por 2 a 0 e também avançou.

Com seis pontos, Corinthians e Ferroviária dividem a liderança do Grupo 17, com vantagem para o time alvinegro no saldo de gols: 8 contra 7 do clube de Araraquara. Nesta quarta-feira, às 19h45, os dois decidem a primeira posição da chave novamente na Arena da Fonte Luminosa, com vantagem do empate para os paulistanos.

##RECOMENDA##

A partir da segunda fase, a Copa São Paulo passa a ser eliminatória, em jogo único. O adversário do Corinthians sai do Grupo 18, que atualmente tem o São Carlos-SP na liderança, com quatro pontos, o Sport na vice-liderança, com três, e o Confiança-SE na terceira posição, com um. O São Raimundo-RR é o lanterna, sem nenhum ponto.

O Avaí, no Grupo 20, conquistou a classificação vencendo o São José-RS no estádio Jaime Cintra, em Jundiaí, por 2 a 0. O resultado deixou o time com seis pontos, sem que possa ser ultrapassado por Red Bull Brasil-SP e São José-RS, ambos com três, já que eles se enfrentam na terceira rodada.

Confira os resultados pela 2.ª rodada da Copa São Paulo:

Ferroviária-SP 2 x 0 Corumbaense-MS

Paulista-SP 2 x 3 Red Bull Brasil-SP

Taboão da Serra-SP 0 x 0 Real-DF

Pinheiro-MA 0 x 5 Corinthians-SP

São José-RS 1 x 2 Avaí-SC

São Paulo Crystal-PB 0 x 0 Joinville-SC

O Fluminense foi surpreendido pelo Tubarão-SC, neste sábado (6), e já vê vaga à segunda fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior ameaçada no Grupo 8. Em compensação, outros 10 clubes, sendo seis paulistas, comemoraram a classificação. Votuporanguense e Atlético Paranaense pelo Grupo 2, Penapolense pelo Grupo 7, Londrina pelo Grupo 14, Ituano e Vila Nova pelo Grupo 16, Ceará e São Bernardo pelo Grupo 25 e Santo André e São Paulo-AP, pelo Grupo 31, avançaram com uma rodada de antecedência.

Os clubes garantidos se juntam a outros seis times, que já estavam classificados desde sexta-feira. Entre eles Novorizontino e Santos (Grupo 4), Taubaté e Palmeiras (Grupo 27) e América-MG e Portuguesa (Grupo 32).

##RECOMENDA##

O Tubarão conquistou uma virada heroica sobre o Fluminense, que saiu na frente no primeiro tempo, mas sofreu a virada com três gols na segunda etapa, em Marília (SP). O placar de 3 a 2 deixa os cariocas na segunda posição do Grupo 8, com três pontos. Está atrás do líder Marília, que soma quatro. O time catarinense também tem três pontos, mas saldo pior (2 a 0). O Mogi Mirim é o lanterna da chave, com apenas um ponto.

Se seis times de São Paulo classificaram-se, o Guarani também ficou perto da vaga. O clube de Campinas (SP)superou o Fernandópolis por 4 a 2, em Fernandópolis (SP), e assumiu a liderança do Grupo 1, com quatro pontos. Supera o Madureira-RJ no saldo de gols (4 a 2). Criciúma e Fernandópolis aparecem na sequência, com dois e zero ponto, respectivamente.

Confira os resultados pela 2.ª rodada da Copa São Paulo:

Fernandópolis-SP 2 x 4 Guarani-SP

Votuporanguense-SP 3 x 0 Rio Preto-SP

José Bonifácio-SP 0 x 0 Mirassol-SP

Marília-SP 0 x 0 Mogi Mirim-SP

Comercial-SP 0 x 2 Juventude-RS

Desportivo Brasil-SP 0 x 2 Londrina-PR

Primavera-SP 0 x 1 Atibaia-SP

Ituano-SP 1 x 0 XV de Piracicaba-SP

Elosport-SP 1 x 2 Comercial-MS

São Bernardo-SP 3 x 0 São Caetano-SP

Flamengo-SP 1 x 2 Guarulhos-SP

Nacional-SP 2 x 3 Santo André-SP

Penapolense-SP 2 x 0 Linense-SP

Madureira-RJ 0 x 0 Criciúma-SC

Timon-PI 0 x 1 Atlético-PR

América-PE 0 x 0 Figueirense-SC

Tupã-SP 0 x 1 XV de Jaú-SP

Tubarão-SC 3 x 2 Fluminense-RJ

Rio Branco-SP 1 x 1 Paraná-PR

União-MT 1 x 1 Paysandu-PA

Globo-RN 0 x 5 Vitória-BA

Santa Cruz-AL 0 x 2 Vila Nova-GO

Atlântico-BA 0 x 2 Coritiba-PR

Rio Branco-AC 0 x 6 Ceará-CE

Sete de Setembro-AL 0 x 0 Goiás-GO

São Paulo-AP 3 x 1 ABC-RN

A dupla de Minas Gerais estreou com o pé direito na Copa São Paulo de Futebol Júnior nesta quinta-feira. Enquanto o Atlético Mineiro passou fácil pelo União Barbarense-SP, em Osasco (SP), o Cruzeiro precisou suar para vencer o Batatais-SP, que é o atual vice-campeão. O grande destaque, porém, foi a goleada da Ferroviária diante do Pinheiro-MA por 6 a 1.

Sem maiores dificuldades, o Atlético Mineiro contou com gols de Carlos Gabriel (duas vezes), Welinton e Alerrandro para vencer o União Barbarense por 4 a 0 e divide a liderança do Grupo 23, cuja sede é em Osasco, com o Audax, que na partida preliminar ganhou do Rio Branco-ES por 1 a 0, no estádio Prefeito José Liberatti.

##RECOMENDA##

A goleada atleticana foi diante de um adversário que entrou de última hora na competição devido à desistência do Fast Club-AM por questões financeiras. Neste domingo, o Atlético Mineiro vai enfrentar o Rio Branco e pode selar a classificação, desde que o Audax não perca para o União Barbarense.

Já o rival Cruzeiro não teve tantas facilidades, tanto que contou com um gol de Vander aos 39 minutos do segundo tempo para vencer o Batatais por 2 a 1, de virada, e assumir a liderança do Grupo 12, que tem sede em Bebedouro (SP). Na preliminar, Internacional-SP e Nova Iguaçu-RJ ficaram no empate por 1 a 1.

Em Araraquara (SP), na preliminar de Corinthians e Corumbaense-MS, a Ferroviária fez a festa dos torcedores que compareceram na Arena da Fonte Luminosa e goleou o Pinheiro por 6 a 1, pelo Grupo 17. Os seis gols do time paulista aconteceram no primeiro tempo.

Quem também estreou bem foi o Sport, que ganhou do Confiança-SE por 3 a 0, no estádio Luisão, em São Carlos (SP), e divide a liderança do Grupo 18 com o São Carlos.

Confira os resultados desta quinta-feira na Copa São Paulo:

Avaí-SC 1 x 0 Red Bull Brasil-SP

São Carlos-SP 4 x 2 São Raimundo-RR

Internacional-SP (Bebedouro) 0 x 0 Nova Iguaçu-RJ

Audax-SP 1 x 0 Rio Branco-ES

Itapirense-SP 1 x 1 Estanciano-SE

Sport-PE 2 x 0 Confiança-SE

Cruzeiro-MG 2 x 1 Batatais-SP

Atlético-MG 4 x 0 União Barbarense-SP

Ferroviária-SP 6 x 1 Pinheiro-MA

Atual campeão, o Corinthians encerrou a primeira rodada da Copa São Paulo de Futebol Júnior, na noite desta quinta-feira (4), com vitória sobre o Corumbaense-MS, por 3 a 0, na Arena da Fonte Luminosa, em Araraquara, em jogo válido pelo Grupo 17. João, Willian e Carlos Augusto marcaram os gols da partida.

Apesar do bom começo, o maior vencedor do torneio termina a rodada como vice-líder de seu grupo. Isto porque a Ferroviária goleou o Pinheiro-MA, por 6 a 1, no outro jogo da chave. O Corinthians volta a campo justamente contra os maranhenses no próximo domingo, às 16 horas.

##RECOMENDA##

O Corinthians sofreu no primeiro tempo. Com boas chances de gols criadas, sempre pelos pés do meia Fabrício Oya, os paulistanos abriram o placar em cabeçada de João, aos 36 minutos. Na volta dos vestiários, os alvinegros seguiram superiores, perdendo boas oportunidades. Em seu primeiro lance em campo, Willian, que veio do banco de reservas, marcou o segundo aos 18 minutos. Depois, novamente na jogada aérea, Carlos Augusto ampliou aos 34.

Também na noite desta quarta-feira, pelo Grupo 19, Fortaleza e Volta Redonda empataram por 1 a 1, no Estádio Coronel Francisco Vieira, em Itapira.

A segunda rodada da Copa São Paulo começa nesta sexta-feira com dez jogos. Palmeiras e Santos entram em campo tentando manter o 100% de aproveitamento no torneio.

Maior vitrine nacional para revelação de novos talentos, a Copa São Paulo de Futebol Junior vai contabilizar em 2018 a sua 49.ª edição. Ao longo de 23 dias, a contar desta terça-feira, 128 clubes espalhados por 32 sedes irão movimentar os gramados dos mais diversos pontos do Estado. Seguindo a tradição, a grande final será realizada no estádio do Pacaembu, no dia 25, brindando o aniversário da capital paulista.

Disputada desde 1969, o torneio foi inicialmente intitulado Taça São Paulo de Juniores. Ao contrário do que acontece atualmente, era organizado pela prefeitura da cidade. Este cenário mudou em 1987, quando o então prefeito Jânio Quadros optou por não bancar a competição. Neste ano, o campeonato acabou não acontecendo, sendo retomado no ano seguinte já sob a batuta da Federação Paulista de Futebol (FPF). A mudança foi positiva.

##RECOMENDA##

Em quase cinco décadas de disputa, o campeonato se notabilizou pelo surgimento de diversos craques. Entre tantos atletas que despontaram estão Raí, ídolo do São Paulo, que disputou a final de 1983 pelo Botafogo, de Ribeirão Preto (SP).

Dono de grande categoria, Djalminha foi campeão com o Flamengo em 1990, em um time tido como um dos melhores da história do torneio, que contava ainda com nomes como Junior Baiano, entre outros. Um ano depois, o campeonato ficaria marcado pelo surgimento de Denner, que brilhou pela Portuguesa, e até hoje é lembrado como um dos jogadores mais habilidosos que o país já teve. Ele morreu em um acidente de carro no Rio de Janeiro em 1994, quando defendia o Vasco.

Mais recentemente, o torneio pode ostentar ter apresentado ao mundo Lucas, atualmente no milionário Paris Saint-Germain. O então "Marcelinho", apelido adquirido pela semelhança física com o ex-atleta Marcelinho Carioca, foi campeão com o São Paulo em 2010.

Em 2015, mesmo sem a conquista do título, Gabriel Jesus apresentou as suas credenciais, após levar o Palmeiras até as semifinais da competição. Hoje, ele defende o Manchester City, atual líder do Campeonato Inglês, além de ser o centroavante titular da seleção brasileira comandada por Tite. Na década de 70, surgiram craques como Falcão e Toninho Cerezo.

FAVORITOS - Após um ano estrelado nas categorias de base, o Palmeiras chega com condições de conquistar a competição pela primeira vez na sua história - é o único grande paulista que mantém o jejum. Ao todo, o clube conquistou em 2017 quatro títulos estaduais nas categorias sub-11, 13 e 20, além da Copa do Brasil Sub-17. Com boa mobilidade, categoria e boa finalização, o atacante Léo Passos deve comandar a equipe palestrina e já se credencia como postulante a principal jogador do torneio.

Maior campeão do torneio com 10 títulos, o Corinthians sempre é uma força a se considerar. Vice-campeão da Copa do Brasil Sub-17, o time do Parque São Jorge tem em Fabrício Oya a sua maior esperança. Campeão em 2017, o atleta chegou a ser convocado para seleção brasileira sub-20.

Campeã paulista na categoria sub-17, após bater o Palmeiras, a Ponte Preta deve ser uma das forças do interior. Além destes, São Paulo e Santos, conhecidos pelos fortes trabalhos na formação de atletas sempre chegam para buscar a taça. Com tantos clubes grandes e formadores, o torneio deve ser novamente um sinônimo de bom futebol e boas surpresas.

O Cruzeiro é o atual campeão brasileiro sub-20. Venceu na final o Coritiba, nos pênaltis. O Atlético Mineiro é o campeão da Copa do Brasil, tendo superado o Flamengo nos pênaltis. São todos grandes formadores de craques.

CURIOSIDADES - Em quase cinco décadas, a competição acumula algumas peculiaridades. A inclusão de clubes de outros Estados ocorreu somente a partir de 1971. Logo após assumir a organização, a FPF vislumbrou uma competição mais democrática, o que resultou em um completo sucesso, transformando o torneio no mais importante de base do Brasil.

Houve ainda espaço para algumas equipes estrangeiras participarem. Em 2014, por exemplo, o japonês Kashima Reysol se tornou o primeiro clube de outro país a avançar de fase. Em 2010, aconteceram duas alterações importantes. Com a criação do Campeonato Brasileiro Sub-20, a FPF optou por admitir jogadores até 19 anos. Além de renomear a competição, passando a chamá-la de Copa São Paulo de Futebol Junior. O regulamento atual prevê atletas nascidos até 1998.

REGULAMENTO - Como de costume nas últimas edições, a próxima Copa São Paulo vai bater o recorde de clubes participantes e número de sedes. Com 128 equipes e 31 cidades (a capital terá duas sedes), a edição de 2018 supera a de 2017, que teve 120 times e 30 grupos. Houve uma desistência em cima da hora: do Fast Club, de Manaus, que não conseguiu recursos para a viagem. Em seu lugar entrou o União Barbarense, de Santa Bárbara D´Oeste (SP), completando o Grupo 23, com sede em Osasco (SP), ao lado de Audax, Atlético Mineiro e Rio Branco-ES.

A competição vai ser disputada em sete fases, sendo seis delas no formato de mata-mata e as duas últimas denominadas semifinais e final. Na primeira fase, os 128 clubes foram divididos em 32 grupos, nomeados numericamente (de 1 a 32), todos com sedes diferentes. As quatro equipes de cada grupo se enfrentam entre si em turno único.

Os dois melhores colocados avançam para a segunda fase, em um total de 64 times. Em caso de empate por pontos, serão observados os seguintes critérios de desempate: mais vitórias; melhor saldo de gols; mais gols pró; menos cartões vermelhos; menos cartões amarelos; confronto direto - em caso de empate entre apenas dois clubes; sorteio - a ser realizado na sede da FPF.

Na segunda fase, os primeiros melhores colocados encaram os segundos colocados - o vencedor do Grupo 1 mede forças contra o segundo colocado do Grupo 2, sendo que o primeiro colocado do Grupo 2 joga contra o segundo do Grupo 1 e assim sucessivamente. Nas fases subsequentes, as partidas seguem este formato, em jogo único. Em caso de empate serão observados os mesmos critérios da primeira fase.

A terceira fase vai ter 16 times, daí em busca do título. Assim sendo, o campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2018 totalizará nove jogos no período de apenas 23 dias. Uma maratona que leva à glória.

A crise financeira do Santa Cruz fica mais escancarada a cada dia que passa na temporada 2017. Com parte dos funcionários tendo até seis meses de salários atrasados, a novidade negativa da vez é a ausência já certa do clube na Copa São Paulo de Futebol Júnior, maior torneio de atletas Sub-20 do Brasil, confirmada no sorteio dos grupos que ocorreu nesta quarta-feira (22). Sem ter como bancar a logística para que seus atletas viajassem, o tricolor pediu para ficar de fora da disputa, algo que não acontecia há algum tempo.

Na atual edição, a Copinha terá 128 equipes divididas em 32 grupos, disputando o título. O torneio tem 32 cidades-sede recebendo partidas entre os dias 2 e 25 de janeiro. Ainda assim, Pernambuco terá três representantes, sendo eles América, Náutico e Sport. Em entrevista ao Globoesporte.com, o diretor das categorias de base, e desportos amador do Santa, Bleno Arruda confirmou a causa da desistência coral.

##RECOMENDA##

"O nosso presidente buscou a Federação Pernambucana e informou que o Santa Cruz poderia ser substituído na competição. O clube está em uma situação difícil e ele, como mandatário, achou que não tinha como ir buscar o recurso. Apesar de tudo, a decisão é acertada, pelo momento que vivemos", revelou o dirigente.

Confira o grupo das equipes do Estado na Copa São Paulo:

Grupo 3 - José Bonifácio-SP, América-PE, Figueirense e Mirassol

Grupo 7 - Náutico, Penapolense, Velo Clube-SP e Desportiva Paraense-PA

Grupo 18 - São Carlos, Linense-SP, São Raimundo-RR e Sport

LeiaJá também

---> Santa: Três chapas estão inscritas para as eleições presidenciais

---> Tricolor goleia o Juventude na despedida da Série B

Nesta quinta-feira (3), o time de vôlei Corinthians-Guarulhos fez a sua estreia na Copa São Paulo contra o São José Vôlei. O Timão venceu por 3 sets a 1 no Ginásio da Ponte Grande, com parciais de 25/15, 25/16, 24/26 e 25/16.

O time da casa recebeu o apoio animador da torcida que cantou, gritou e se emocionou a cada ponto realizado pela equipe do bicampeão olímpico Serginho. Na apresentação dos jogadores do Corinthians, Serginho foi o último a ser chamado e provocou euforia no público.

##RECOMENDA##

O Corinthians encarou os primeiros minutos de sua trajetória em quadra com firmeza, até o fim do jogo, e o time não demorou para abrir uma boa vantagem sobre o São José, quando o ponteiro Alan Patrick fez a alegria do animador de torcida, que gritava “ace” animadamente, com dois pontos de saque consecutivos.

Já o São José, em sua estreia, havia perdido por 3 a 0 para o Sesi, atual campeão, que decidirá o título do torneio deste ano contra o Corinthians, às 12h30 de sábado (5), em Santo André.

[@#galeria#@]

Nesta quinta-feira (3), a equipe de vôlei Corinthians-Guarulhos entra em quadra pela primeira vez na temporada 2017/2018 da Copa São Paulo contra o São José, no ginásio da Ponte Grande, em Guarulhos, São Paulo, às 19h30. 

O jogo marca a estreia do bicampeão olímpico de voleibol masculino, Serginho. Além do líbero, Sidão, Riad e Rivaldo são outros nomes do elenco guarulhense que atuarão na competição paulista.

##RECOMENDA##

O técnico Alexandre Stanzioni, porém, terá dois desfalques: o ponteiro Fábio e o oposto Gabriel, que estão com a seleção brasileira Sub-23, treinando em Saquarema (RJ) para a conquista do mundial da categoria.

O ingresso para assistir à partida custa R$ 10 e terá venda antecipada a partir desta terça-feira, dia 1º, das 8h às 15h, no Restaurante Dona Panela, localizado na avenida Bom Clima, 126. Também será possível comprar ingressos no dia do jogo, nas bilheterias do ginásio, a partir das 17h.

O zagueiro Heltton Matheus Cardoso Rodrigues, que adulterou a idade para jogar a Copa São Paulo de Futebol Júnior e acabou eliminado juntamente com seu time, o Paulista de Jundiaí, poderá ser suspenso de 180 a 720 dias, de acordo com especialistas ouvidos pelo Estado. O jogador será julgado pelo Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-SP) na próxima segunda-feira (6).

Na última quarta-feira, a Federação Paulista de Futebol anunciou a sua suspensão preventiva como resultado de uma denúncia da procuradoria ao Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo (TJD-SP). O jogador havia sido anunciado pelo Audax como reforço do Grêmio Osasco para a disputa da Série A3 do Campeonato Paulista.

##RECOMENDA##

No entendimento do advogado Carlos Eduardo Ambiel, especialista em Direito Desportivo, Hellton deverá será julgado pelo artigo 234 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). O artigo diz que o atleta será punido se "falsificar, no todo ou em parte, documento público ou particular, omitir declaração que nele deveria constar, inserir ou fazer inserir declaração falsa ou diversa da que deveria ser escrita, para o fim de usá-lo perante a Justiça Desportiva ou entidade desportiva".

O atleta reconheceu que usou o documento de Brendon Matheus Lima dos Santos para ser inscrito na Copa São Paulo. Brendon está preso, acusado de tráfico de drogas e tem 19 anos, idade limite para atuar na Copa São Paulo. Heltton tem, na verdade, 22 anos. "Dificilmente, ele será absolvido. Ele reconheceu o uso do documento de outra pessoa", opinou Ambiel.

Após o julgamento na esfera esportiva, Brendon ainda poderá ser punido criminalmente por falsidade ideológica. Nesse caso, a pena de reclusão varia de um a cinco anos pelo artigo 299 do Código Penal Brasileiro.

Ambiel explica que existem poucos casos parecidos com o de Brendon, pois o novo texto do CBJD foi consolidado em 2009. No início dos anos 2000, o são-paulino Sandro Hiroshi, também acusado de falsificação de documentos, foi suspenso por 180 dias.

Pivô do escândalo que causou a eliminação do Paulista da final da Copa São Paulo por atuar com documentos falsos, o zagueiro Heltton falou pela primeira vez sobre o caso. Após dias desaparecido, o atleta se mostrou arrependido e pediu perdão.

"Fiquei assustado, porque não sabia que isso iria repercutir de uma forma mundial. Fui tratado como um bandido porque o sentimento que eu estava é de que tinha cometido um delito, um sequestro. Tive que ficar quieto, trancado, preso, mas sabendo do meu equívoco e estou aqui para me retratar", disse em entrevista à Rádio Jovem Pan.

##RECOMENDA##

Heltton Matheus Cardoso Rodrigues possui 22 anos e disputou a Copa São Paulo com a identidade de Brendon Matheus Lima dos Santos, de 19 anos. Após uma denúncia do Batatais, que havia sido eliminado pela própria equipe de Jundiaí nas semifinais, a Federação Paulista de Futebol optou pela exclusão do Paulista.

O zagueiro negou que tenha parentesco com Brendon, que cumpre prisão por roubo e tráfico de drogas. "Não (sou parente), sou só amigo", revelou.

Presidente do Audax, Vampeta voltou a afirmar que dará uma oportunidade para Heltton. "Agora ele vai recomeçar. Lá tem 25 a 30 meninos com o mesmo sonho. Lá ele vai ter que buscar o espaço dele. Nós demos alojamento e contrato, é o que podemos fazer. Não somos empresários para cuidar da carreira dele, cada um com a sua área, eu sou o presidente de um clube e ele está tendo uma nova oportunidade de recomeçar. Já vai assinar contrato, independente da punição, vamos tentar fazer a defesa, ele já vai treinar e receber", falou em entrevista à Rádio Jovem Pan.

Natural de São Gonçalo-RJ, o jogador disse que cometeu o "gato" para dar um futuro melhor para seus familiares. "Eu fiz aquilo em prol de dar uma velhice digna para meus pais. Eu escolhi o futebol porque era o meu sonho, não fiz da forma certa, mas foi com o intuito de ajudar minha família", contou.

Sem querer falar sobre uma suposta ajuda de terceiros para cometer a falsificação, Heltton pediu desculpas para o Paulista. "Fui eu que tramei tudo, foi tudo culpa minha. Queria pedir perdão ao clube que abriu as portas e aos atletas, porque só quem estava lá sabe o que a gente passou. Não vai ser meu erro que vai apagar a história do Paulista, porque o Paulista é muito maior do que eu."

Uma final da Copa São Paulo surpreendente em todos os sentidos ocorre nesta quarta-feira (25), às 16 horas, no Pacaembu. O Corinthians, que busca o décimo título, joga seu favoritismo diante de um adversário improvável: o Batatais, que quase não disputou a competição e só está na decisão graças à falsificação de documentos feita por um jogador do Paulista.

O amplo favoritismo da equipe corintiana se justifica. Os garotos têm uma estrutura de primeiro nível para os padrões das categorias de base, muitos deles já recebem salários que nem os profissionais do Batatais ganham e jogam em um clube tradicional na Copa São Paulo. O Corinthians já ficou com a taça em nove edições e nesta terça terá a torcida de quase todos os presentes no Pacaembu.

##RECOMENDA##

O Corinthians chega à decisão com 100% de aproveitamento e aposta no artilheiro Carlinhos - nove gols no torneio. "Vamos batalhar para ser campeões. A sensação de disputar uma final é das melhores possíveis, com o Pacaembu lotado, a torcida corintiana apoiando, não tem coisa melhor", comentou.

Do outro lado, o modesto Batatais ainda tenta acreditar na quantidade de surpresas que teve desde o fim do ano passado. O clube não iria sequer disputar o torneio. "Pedimos o convite e ficamos esperando, até que, na última hora, quando a gente estava quase desistindo, a Federação (Paulista) nos convidou", contou Renata Lippi, coordenadora das categorias de base.

Os habitantes da pequena cidade de pouco mais de 60 mil habitantes que fica há 355km de São Paulo não almejavam nada, além de passar da primeira fase. "A Copa São Paulo é um torneio muito forte e a gente sonhava passar de fase. Chegar onde chegamos é algo espetacular", disse a dirigente.

A alegria de disputar as semifinais virou frustração após levar de 5 a 1 do Paulista. Novamente, porém, o clube teve mais uma grata surpresa e a tristeza foi breve, pois pouco mais de 24 horas após o término da partida o Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo confirmou que o time de Jundiaí estava eliminado pela escalação do jogador Brendon, que na verdade se chama Heltton e atuava com documentos falsificados de um primo, que está preso.

"Depois do jogo, os meninos choraram muito pela decepção, mas aí veio a boa notícia. Como disse o nosso goleiro (Gerson), a gente 'trupicou' no Paulista, mas chegaremos forte na decisão", disse Renata.

O Batatais se orgulha de não ter ajuda da prefeitura da cidade nem ter sido um time montado por empresário. A equipe, que entre os profissionais quase subiu para a elite estadual no ano passado, tem pelo menos cinco atletas com a promoção já assegurada (Gerson, Everton, Thales, Murilo e Douglas Pote) e alguns estão na mira de grandes times do Brasil e do exterior.

DESPEDIDA - A partida marcará a despedida do técnico Osmar Loss do comando do Corinthians. Depois da Copa São Paulo, ele passará a ser auxiliar técnico de Fábio Carille no time de cima e o seu auxiliar, o ex-lateral-direito Coelho, é quem vai assumir da equipe de garotos.

O jogo também será a despedida de algumas promessas que serão aproveitadas no time principal ou terão de ser emprestados, por estourar a idade. O volante Mantuan e o atacante Carlinhos vão ser promovidos. O lateral-esquerdo Guilherme Romão também pode ter chance. O meia Pedrinho, um dos destaques do Corinthians na Copinha, deve sofrer com o excesso de jogadores em sua posição, mas também agradou Carille.

A Federação Paulista de Futebol (FPF) anunciou nesta segunda-feira (23) a exclusão do Paulista da Copa São Paulo de Futebol Júnior pela escalação irregular de um jogador. Com a definição, o time de Jundiaí está eliminado do torneio e a decisão será disputada entre Batatais, que havia sido batido pelo Paulista nas semifinais, e Corinthians, nesta quarta-feira (25), no estádio do Pacaembu. O atleta atuou com o nome de Brendon Matheus Araújo Lima dos Santos, mas na verdade, ele seria Heltton Matheus Cardoso Rodrigues, de acordo com informações iniciais.

O presidente do Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo (TJD-SP), o delegado Olim, anunciou que a decisão do tribunal se dá após investigação sobre os documentos do jogador. "O Batatais nos comunicou sobre a irregularidade, após receber a informação de um telefonema do Rio de Janeiro. Fizemos o levantamento e descobrimos que o Brendon está preso por roubo e tráfico de drogas", disse o delegado. Ele não confirma, entretanto, que o nome real do jogador é Heltton.

##RECOMENDA##

Brendon é nascido em 1997 e está preso no Rio de Janeiro por tráfico de drogas e roubo. Já Heltton, na verdade, nasceu em 24 de março de 1994, e não teria idade para disputar a competição. Segundo Olim, Heltton e Brendon são primos.

"Pedimos que o Paulista apresentasse o jogador até às 14h e não foi apresentado. Apenas mandaram um BO (Boletim de Ocorrência) que ele desapareceu. Aguardando as respostas e tentaremos descobrir quem é esse Brendon", explicou o delegado, que entre outras provas, explicou que a certidão de nascimento do jogador é do Rio de Janeiro e seu RG é do Ceará.

Além disso, a certidão de nascimento do atleta estaria, segundo seus documentos, no livro 80 de registro do Rio de Janeiro. Entretanto, a página não existe nos registros cariocas.

"Ficamos sabendo no sábado desta história. No domingo, reunimos o jurídico e estamos trabalhando para saber quem é o culpado da história, mas é certo que os documentos estão irregularidades", explicou o presidente do TJD-SP.

Por enquanto, a única punição ao Paulista será a eliminação da Copa São Paulo. Segundo o regulamento da competição, caso seja comprovado que o clube agiu de má fase e tinha ciência da irregularidade, será suspenso por cinco anos de qualquer competição estadual.

"O Paulista vem jogando outros campeonatos com esse menino utilizando tais documentos. Não me parece que houve erro do Paulista, mas estamos investigando". O presidente do TJD contou que Heltton poderia até ser preso caso fosse encontrado. "Ele poderia ser encaminhado para a delegacia. Por mim, sairia algemado, pois houve um crime", resumiu.

Acusado de usar documentos irregulares para esconder a idade para jogar a Copa São Paulo de Futebol Júnior, o zagueiro Brendon Matheus "sumiu" e não apareceu nesta segunda-feira (23) para o treinamento do Paulista, em Jundiaí (SP), que se prepara para a decisão da competição contra o Corinthians, nesta quarta (25), no estádio do Pacaembu, em São Paulo. A informação foi dada pelo empresário do jogador, Aberto Luiz, em entrevista ao canal de TV a cabo Fox Sports.

"Eu estou surpreso pelos fatos, só que eu estive com o atleta depois do jogo e conversei com ele, falei da seriedade do problema. Ele falou para ficar tranquilo, como ele falou com o clube quando chegou a solicitação ao clube", afirmou Alberto Luiz. "O clube até colocou ele para jogar, depois do jogo fomos ao restaurante e insisti no fato. Falei para ele se ele tinha certeza e queria saber para poder ajudar e esclarecer os fatos".

##RECOMENDA##

Caso seja confirmada a denúncia apresentada pelo Batatais, derrotado pelo Paulista nas semifinais, à Federação Paulista de Futebol (FPF), o agente fez questão de ressaltar que tanto ele quanto o clube de Jundiaí são vítimas. "O Paulista e eu não temos a ver com isso. Jamais eu queria me 'indisponibilizar' por causa de uma coisa dessa. Eu confiei no atleta. Chegaram muitas informações que nos deixam perplexos. Na apresentação hoje (segunda-feira) o jogador não apareceu e não me atende mais. O primo dele também não me atende. Vamos proceder da melhor forma possível para esclarecer os fatos", disse.

A FPF marcou para esta segunda-feira, a partir das 14 horas, uma reunião em sua sede, em São Paulo, para tentar esclarecer os fatos e tomar uma decisão. Caso seja comprovado que o atleta realmente nasceu em 1994, como diz a denúncia, tendo então 22 anos, idade superior ao permitido para a disputa do torneio, o Paulista pode ser excluído da competição e também das próximas cinco edições. Isto, segundo artigo 25 do regulamento da Copa São Paulo.

O empresário explicou que está com Brendon Matheus há um ano e nada de errado aconteceu neste tempo. "Estou há um ano com o atleta e ele passou pelo Nacional sem problema na documentação. E agora a gente colocou ele no Paulista para disputar a Copa São Paulo onde a equipe se destacou. O garoto é carismático, tem identificação com a torcida e tudo vinha bem. Agora com a suspeita do Batatais me surpreende. Estamos aguardando a decisão da FPF para saber que atitudes tomar".

Enquanto Corinthians e Flamengo fazem clássico nacional em uma das chaves de quartas de final da Copa São Paulo de Futebol Júnior, do outro lado a semifinal terá dois times do interior do Estado. Nesta quarta-feira, o Batatais eliminou o Botafogo nos pênaltis, por 3 a 2, após empate por 0 a 0 no tempo normal, e avançou para pegar o Paulista, de Jundiaí. O Batatais está na Série A2 do Paulista profissional, enquanto o Paulista caiu para a A3.

Jogando em Osasco, O Botafogo tomou a iniciativa do jogo e dominou boa parte do primeiro tempo, mas o Batatais não quis ficar atrás, também saiu para o jogo e criou boas oportunidades de gol, como aos 18 minutos, quando Maurício arriscou de fora da área.

##RECOMENDA##

A principal oportunidade do time carioca foi aos 44 minutos. Igor Cássio recebeu dentro da área e cabeceou para um milagre do goleiro Gérson. Antes, Jordan apareceu em boa condição para marcar, mas acabou chutando por cima do gol.

No segundo tempo, o panorama do duelo foi o mesmo. O Botafogo saia mais para o jogo, enquanto o Batatais procurava encaixar o contra-ataque para definir.Já o Botafogo teve inúmeras chances, mas foi bloqueado em todas pelo ferrolho do Batatais.

Nas cobranças de pênalti, o Batatais desperdiçou as duas primeiras com Neto e Wisley. Gérson não ficou para trás e segurou o chute de Wenderson, mas o Botafogo abriu o placar com Victor. Douglas Pote deixou tudo igual. Igor Cássio colocou a equipe carioca na frente e, na sequência, mais um erro de cada lado. João coloca o time do interior de volta ao jogo, enquanto Kanu parou no goleiro rival.

Nas alternadas, Guilherme colocou o Batatais pela primeira vez na frente do placar. E Gérson saiu como grande herói. O goleiro, que já havia salvado o time do interior no tempo normal, brilhou ao pegar o chute de Ion e, de quebra, classificou o time para quartas de final.

TEM MAIS - Nesta quinta-feira, dois jogos fecham às quartas de final da Copa São Paulo. Juventus e Bragantino se enfrentam às 16h, na Rua Javari, enquanto que às 19h30, Corinthians e Flamengo reeditam a final de 2016, na Arena Barueri.

O primeiro confronto das quartas de final da Copa São Paulo de Futebol Júnior está definido. Na noite deste sábado (14), o Paulista venceu o São Carlos por 2 a 1, em jogo válido pelas oitavas de final, no Jayme Cintra, em Jundiaí, e avançou na competição. Na próxima fase, o time jundiaiense será o adversário da Chapecoense, que bateu o Ituano por 1 a 0, em Itu, pela manhã.

O Paulista começou a partida com muita intensidade e desde os primeiros momentos levou perigo à defesa adversária. Dessa maneira, não demorou nada para abrir o placar. Com nove minutos de bola rolando, Criciúma recebeu dentro da área e bateu para marcar o primeiro gol do jogo.

##RECOMENDA##

O São Carlos não conseguiu se organizar muito bem após o gol sofrido e viu o adversário mandar na partida, sempre criando boas jogadas. O time de Jundiaí continuou em ritmo acelerado e só diminuiu após fazer o segundo gol, marcado por Molter, aos 25 minutos.

No retorno para a segunda etapa, o Paulista entrou em campo acomodado por conta da boa vantagem construída no primeiro tempo e deixou o time são-carlense voltar para o jogo. Aos 13 minutos, Pedro Lopes subiu mais alto que todo mundo na área e cabeceou para diminuir. A equipe se animou com a reação, mas não foi o suficiente para tirar a classificação do Paulista.

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando