Tópicos | GoPro

A GoPro anunciou nesta quinta-feira (20) sua nova câmera HERO7 Black, que promete oferecer vídeos menos tremidos graças ao recurso HyperSmooth. Isso porque ele facilita a captura de imagens com estabilização tipo gimbal. A novidade funciona embaixo d'água, em atividades de alto impacto e com vento intenso.

Com a HERO7 Black, a GoPro também introduz o recurso TimeWarp, que transforma longas experiências em vídeos pequenos e super fluídos no estilo timelapse. A ideia, segundo a GoPro, é permitir que o conteúdo possa ser compartilhado rapidamente.

##RECOMENDA##

Outra novidade é que a nova câmera é a primeira da marca capaz de realizar transmissões ao vivo para o Facebook, Twitch, YouTube, Vimeo e outras plataformas.

A HERO7 Black captura vídeos com qualidade 4K e 60 frames por segundo e fotos com 12 megapixels. No modo ultra slow motion, a resolução é de 1.080p e 240 frames por segundo.

Segundo a fabricante, o dispositivo é a prova d'água até 10 metros e tem comandos de voz em 14 idiomas. A HERO7 Black será vendida em três versões, por valores a partir de US$ 199. No Brasil, a previsão é de o trio esteja disponível nas lojas físicas no mês de novembro.

LeiaJá também

--> Preço de iPhones aumentou cerca de 20%, diz relatório

A GoPro anunciou o lançamento da GoPro Fusion no Brasil, a sua primeira câmera capaz de gravar em 360º. Suas imagens podem ser reproduzidas em dispositivos de realidade virtual e compartilhadas em redes sociais como Facebook ou Twitter. O equipamento chega ao mercado nacional por R$ 4 mil e conta ainda com recursos como resistência à água e GPS integrado.

A GoPro Fusion captura vídeos de 5.2K30 e 3K60 e fotos de 18 megapixels. Ela pode ser mergulhada em água em uma profundidade de até cinco metros e possui ferramentas adicionais como GPS, acelerômetro, giroscópio, bússola, Wi-Fi, Bluetooth e controle de voz em 10 idiomas, inclusive no português.

##RECOMENDA##

Assim como os aparelhos da linha, a GoPro Fusion é compatível com os aplicativos da GoPro para Android e iPhone, que permitem edições de vídeos e também funcionam como controles via Wi-Fi. Segundo a fabricante, novas atualizações para o app estarão disponíveis em breve.

LeiaJá também

--> Pesquisadores criam aparelho capaz de ouvir a sua mente

PROGRAMAR PARA SEXTA-FEIRA (30) ÀS 9H22

A GoPro anunciou uma nova câmera chamada GoPro HERO. O modelo de entrada traz configurações mais simples e, por isso, será vendida por US$ 199 (cerca de R$ 660 em conversão direta). Mesmo assim, o dispositivo ainda possui recursos como tela touchscreen de duas polegadas e resistência à água.

##RECOMENDA##

Para conseguir oferecer um modelo por um preço menor, a GoPro reduziu algumas especificações. A GoPro HERO não filma em 4K. Em vez disso, o dispositivo consegue fazer gravações em 1.440p (Quad HD) ou 1.080p (Full HD) a 60 quadros por segundo. Para fotografias, os usuários podem registrar imagens com 10 megapixels.

Outros recursos incluem estabilização de vídeos e proteção contra água, resistindo até 10 metros de profundidade. A GoPro HERO também é compatível com mais de 30 acessórios da marca, que são vendidos separadamente. Por enquanto, o novo modelo está disponível apenas no mercado internacional. Não há previsão de lançamento para o Brasil.

LeiaJá também

--> Em breve, vídeos do Netflix carregarão 40% mais rápido

A GoPro, conhecida por suas câmeras, anunciou nesta segunda-feira (8) que está desistindo de fabricar drones, citando desafios de lucrar em um mercado extremamente competitivo. A empresa também está demitindo centenas de funcionários e reduzindo o pagamento do CEO Nicholas Woodman para apenas US$ 1, à medida que luta contra uma crise financeira que só deverá abrandar na metade de 2018.

Isso significa que o Karma, lançado no final de 2016, será o primeiro e último drone da GoPro. Vendido por US$ 799, o veículo aéreo não tripulado precisou passar por um recall em novembro do mesmo ano depois que uma falha na bateria foi descoberta em 2,5 mil unidades.  

##RECOMENDA##

A empresa disse que sairá do mercado de drones após vender as unidades remanescentes do produto. Os consumidores que já possuem o veículo, porém, continuarão recebendo suporte técnico da GoPro. Além disso, a companhia está reduzindo sua força de trabalho global de 1.254 funcionários registrados em 30 de setembro de 2017 para menos de mil.

"Esperamos que, no futuro, nosso roteiro juntamente com um menor modelo de despesas operacionais permitam que a empresa volte a apresentar rentabilidade e crescimento na segunda metade de 2018", informou o CEO Nicholas Woodman, em comunicado.

LeiaJá também

--> Irmãos usam nome de Steve Jobs em marca de roupas

A GoPro, dona da câmera de ação mais famosa do mundo, está em processo de despedir até 300 funcionários esta semana, informou o site TechCrunch, que ouviu fontes familiarizadas com os planos da empresa. Em uma carta enviada aos trabalhadores afetados, a GoPro explicou que esses cortes fazem parte de uma reestruturação para alinhar seus recursos com os requisitos de negócios.

O anúncio das demissões, no entanto, não será uma surpresa para aqueles que seguem os movimentos da empresa. Um dos maiores problemas, segundo o TechCrunch, está ligado ao drone Karma, que precisou passar por um recall no final de 2016 por conta de problemas técnicos.

##RECOMENDA##

A GoPro interrompeu temporariamente as vendas do produto, trazendo ele de volta ao mercado em fevereiro de 2017. Outro problema está relacionado com a concorrência. O mercado foi inundado com câmeras de ação semelhantes à GoPro. Apesar de ter uma marca dominante, a GoPro não oferece as opções mais baratas aos consumidores.

Além disso, o ano de 2016 foi especialmente ruim para a empresa, que demitiu 100 pessoas da sua divisão de entretenimento, e, em março de 2017, eliminou outros 270 empregos. A expectativa é que os novos cortes sejam levados à público após o dia 16 de fevereiro, segundo informa o TechCrunch.

Um guia turístico no Havaí, nos EUA, tem em suas mãos imagens incríveis mostrando o momento que um rio escaldante de lava engole sua câmera GoPro durante uma erupção vulcânica. Isso porque o acessório incrivelmente "sobreviveu" ao encontro acidental com o magma no ano passado.

Erik Storm diz que sua GoPro foi acidentalmente engolida pela lava em agosto de 2016. Ele conta que estava guiando um grupo de turistas no vilarejo de Kalapana quando resolveu posicionar sua câmera perto do fluxo de lava do vulcão Kilauea para conseguir um ponto de vista diferente. O problema é que o acessório acidentalmente entrou em contato com líquido fervente.

##RECOMENDA##

Depois de algum tempo, com a lava já esfriada e solidificada, ele resolveu voltar ao local e conseguiu recuperar a câmera com a ajuda de um martelo geológico. Para a sua surpresa, o aparelho estava funcionando perfeitamente e ainda havia registrado todos os momentos de sua aventura.

Ele não esperava encontrar a luz Wi-Fi azul do GoPro ainda piscando e o cartão microSD intacto por dentro. Agora o guia turístico está compartilhando o vídeo, que mostra a lava lentamente cobrindo a câmera. Mais tarde é possível ver o próprio Erik Storm parado encarando a lente.

LeiaJá também

--> Acessório transforma smartphone da Motorola em Polaroid

A GoPro apresentou nesta quinta-feira (28) sua nova câmera Hero6 Black, que promete ser o modelo mais poderoso já apresentado pela fabricante até o momento. Ela realiza gravações com resolução Ultra HD (4K) com muito mais fluidez a até 60 quadros por segundo ou a 1080p a 240 quadros por segundo. O produto já é vendido no Brasil pelo preço sugerido de R$ 2.499.

A GoPro Hero6 Black é alimentada por um novo processador que foi criado especialmente para ela, chamado GP1. O chip usa a inteligência artificial para analisar as imagens gravadas até três vezes mais rápido para criar vídeos automaticamente no smartphone do usuário. O modelo também conta com fotografia nos formatos RAW e HDR.

##RECOMENDA##

Ela também é à prova d'água em até 10 metros de profundidade, para ser levada a qualquer lugar, e traz melhorias no alcance dinâmico e na performance com pouca luz. Pela primeira vez, o aparelho ganhou zoom digital. Outras funções incluem Wi-Fi de 5GHz, controle por voz em 10 idiomas, GPS, acelerômetro, giroscópio e Bluetooth.

LeiaJá também

--> Jaqueta inteligente do Google e da Levi's chega ao mercado

A GoPro anunciou, nesta quarta-feira (1º), a venda do drone e solução de estabilização de imagem, Karma, na sua loja virtual e em vendedores selecionados nos EUA, três meses após um recall que retirou o produto do mercado por conta de problemas técnicos. As primeiras remessas serão limitadas, informou a fabricante americana.

O kit vem em uma mochila compacta e também inclui um bastão estabilizador de imagem que pode ser manejado ou vestido. O drone dobrável acompanha um controle inspirado em games que dispensa a necessidade de um telefone celular ou tablet para enxergar o que o veículo filma.

##RECOMENDA##

A GoPro retirou 2,5 mil unidades do Karma do mercado em novembro de 2016, depois de um número de casos em que as baterias se desconectaram durante o voo, resultando em perda de energia. A marca identificou o problema como sendo relacionado ao trinco que segurava o componente. Uma nova trava foi projetada e incorporada ao produto para resolver o problema.

A GoPro anunciou nesta terça-feira (8) que fará um recall de cerca de 2,5 mil unidades do seu primeiro drone, lançado em 23 de outubro por US$ 800 (cerca de R$ 2,5 mil). A empresa diz que em um número pequeno de casos, unidades do veículo aéreo não tripulado podem ficar sem energia em pelo voo, aumentando riscos de acidentes. Não houve relatos de ferimentos em usuários ou danos à propriedade por causa do defeito.

A fabricante recomenda que os proprietários devolvam seus drones diretamente à marca ou aos locais onde eles foram adquiridos para receberem o reembolso integral pela compra. Por enquanto, a empresa não oferecerá trocas por outro modelo. Os consumidores deverão esperar até que o problema seja resolvido para que outras unidades cheguem ao mercado.

##RECOMENDA##

Até mesmo os drones que estão funcionando normalmente devem ser devolvidos, aconselhou a GoPro. Aqueles que comparam acessórios para o quadricóptero também terão direito ao reembolso completo. A fabricante diz que está trabalhando em colaboração com as autoridades dos EUA para investigar o caso.

A GorPro anunciou nesta quarta-feira (10) o início das vendas do GoPro Omni, um conjunto de acessórios que inclui seis câmeras Hero 4 Black sincronizadas capazes de gravar vídeos em 360º para a chamada tecnologia de realidade virtual. O produto será comercializado por US$ 5 mil (cerca de R$ 15.730).

O conjunto tem uma estrutura em forma de cubo, onde se encaixam seis câmeras Hero 4 Black que funcionam como um só dispositivo. A resolução da imagem é 8K, mas os vídeos também podem ser exportados em 4K e 2K. Segundo a empresa, o tempo de processamento é muito rápido.

##RECOMENDA##

Uma vez que o conteúdo estiver pronto, o usuário poderá postar seus vídeos na plataforma www.vr.gopro.com para exibi-lo na web ou em um aplicativo disponível para Android e iOS. O lançamento desta nova plataforma para vídeos em 360º poderá popularizar ainda mais a realidade virtual, que já faz sucesso no YouTube e Facebook.

A GoPro também possui uma plataforma de realidade virtual profissional chamada Odyssey. Ela custa US$ 15 mil (aproximadamente R$ 47,2 mil) e acompanha 16 câmeras Hero 4 Black, além de acessórios. A fabricante diz que este produto estará disponível para profissionais da indústria selecionados. Os interessados em ter acesso à tecnologia devem preencher um formulário no site oficial da marca.

De olho no sucesso da GoPro, que relatou uma receita de US$ 183,5 milhões no último trimestre, a LG anunciou nesta quinta-feira (12) uma câmera de ação capaz de realizar streaming em vídeo em tempo real no YouTube. Por ora, a nova Action CAM LTE será comercializada apenas na Coreia do Sul, mas a fabricante diz que vai levar o produto aos mercados da América do Norte e Europa no próximo mês.

Além de seu recurso de streaming ao vivo, Action CAM LTE oferece acesso remoto, para que o dispositivo seja usado como uma câmera de monitoramento para residências ou em automóveis. Os usuários podem ainda baixar imagens e vídeos gravados em seus smartphones emparelhados.

##RECOMENDA##

Com certificado IP67, o produto sai da caixa totalmente protegido contra poeira, areia e pode ser submerso em água por até um metro, durante 30 minutos. A LG diz que vai comercializar a partir do terceiro trimestre deste ano uma case totalmente impermeável, que permitirá aos usuários utilizarem o produto para atividades mais vigorosas, como a prática de surf e mergulho.

A nova câmera da LG traz bateria de 1.400 mAh, que a fabricante diz ser capaz de gravar vídeos em HD por até quatro horas. Para capturar imagens, o dispositivo conta com um sensor de 2 megapixels que grava em 4K aos 30 FPS e Full HD aos 60 FPS. Há ainda uma opção de slow motion.

A Action CAM LTE oferece suporte para cartão de memória de até 2 TB e 2 GB de memória RAM — além de conexão Wi-Fi, dados móveis 3G e 4G, Bluetooth e uma porta USB. Ela será comercializada apenas na cor cinza. O preço da câmera não foi divulgado pela LG. 

Os usuários das câmeras GoPro agora podem transmitir suas aventuras através do aplicativo Periscope, do Twitter. Segundo a empresa, esta é uma oportunidade para tornar o conteúdo exibido no Periscope mais imersivo e dinâmico. A novidade está disponível para dispositivos com iOS, da Apple.

Para transmitir o conteúdo da GoPro no Periscope, basta utilizar um aplicativo que já está disponível na App Store. Ele é compatível com aparelhos que utilizam a versão 8.2 do sistema operacional da Apple. Apesar disso, os usuários de Android também poderão acompanhar as transmissões.

##RECOMENDA##

O Persicope, que atraiu 10 milhões apenas quatro meses após seu lançamento, permitiu que jornalistas, artistas, políticos e outros realizassem transmissões ao vivo para toda a internet diretamente de seus telefones. A GoPro, por outro lado, tem permitido que pessoas produzam uma mistura diversificada de vídeos virais que pareciam inimagináveis anos atrás.

A união entre as duas empresas dará aos usuários do Periscope novas formas criativas de compartilhar experiências. A nova funcionalidade foi anunciada logo depois que o Twitter integrou o Periscope a linha do tempo de seus usuários, facilitando o acompanhamento de transmissões através do microblog.

A GoPro confirmou que entrará para o mercado de drones. A empresa, conhecida por suas câmeras versáteis, pretende lançar um veículo aéreo não tripulado em 2016 que será chamado Karma. Com o anúncio, a GoPro se tornará uma das principais concorrentes da DJI, maior vendedora de drones do mundo que já faturou US$ 1 bilhão.

O anúncio da novidade, que já tinha era motivo de rumores desde 2014, aconteceu por meio de um post no blog da empresa. A GoPro não divulgou outros detalhes sobre o Karma, mas especialistas já especulam que o aparelho terá recursos de filmagem em 4K. Mais informações sobre o produto deverão ser divulgadas durante a Consumer Electronics Show (CES) 2016, feira de tecnologia que reúne principais novidades do mercado.

##RECOMENDA##

Criada em 2002 pelo surfista Nick Woodman, a GoPro revolucionou o mercado de câmeras digitais de vídeo. Lá fora, a marca já mostrou que pode captar o interesse dos investidores na bolsa eletrônica Nasdaq. Em 2014, o valor de mercado da companhia chegou a US$ 9 bilhões.

A GoPro anunciou nesta segunda-feira (28) a HERO+, a câmera mais barata já apresentada pela empresa. Ela será vendida por U$ 199,99 (cerca de R$ 793,77) e captura vídeos de 1080p60 e 720p60 e fotos em 8 megapixels, com a mesma qualidade impressionante que tornou a marca famosa, promete a companhia. O produto estará disponível a partir de 4 de outubro. No Brasil, porém, ainda não há estimativa de preço, nem de data de comercialização. 

>> Veja belas imagens feitas por uma GoPro perdida no espaço

##RECOMENDA##

A câmera vem com um caixa impermeável integrada e tem capacidade para fazer fotos e vídeos a 40 metros abaixo do nível da água. Ela ainda possui conectividade Wi-Fi e Bluetooth e traz ferramentas que permite ao usuário criar e compartilhar pequenos clipes nas principais redes sociais.

Além do lançamento da nova câmera, a GoPro confirmou que a Hero4 Session, modelo anunciado em julho, terá seu preço reduzido para US$ 299. Antes o produto era vendido por US$ 399. 

“Mesmo enquanto continuamos a elevar o nível para as nossas câmaras de mais alto desempenho como Hero4, continuamos comprometidos com o desenvolvimento de produtos simplificados como Hero+ que fazem o registro de vida GoPro acessível a todos”, disse o fundador e CEO da GoPro, Nicholas Woodman, em comunicado.

Um grupo de estudantes que anexou uma GoPro a um balão meteorológico encontrou o aparelho dois anos depois. Eles descobriram que durante o tempo em que ficou desaparecida, a câmera foi parar no espaço. Na aventura, o acessório registrou belas imagens da superfície terrestre. Fascinados, os donos postaram todo material gravado na internet.

Tudo começou quando um grupo de cinco estudantes enviou um balão meteorológico a partir do Grand Canyon. O objetivo era capturar fotos do famoso desfiladeiro situado no Arizona, Estados Unidos, com uma GoPro HERO3. Junto com a câmera, foi enviado um smartphone especial com GPS para rastrear a localização do aparelho.

##RECOMENDA##

O balão atingiu uma altitude de 98,664 pés. No entanto, quando o equipamento caiu de volta para a Terra, aterrissou em uma área sem cobertura móvel, onde não foi possível rastrear sua localização. Foi por puro acaso que, dois anos depois, uma mulher encontrou o aparelho durante uma caminhada no deserto e o devolveu para seus donos. 

A fabricante GoPro anunciou nesta terça-feira (21) que agora oferece suporte local para clientes brasileiros. O novo serviço promete facilitar, tornar mais conveniente e rápido o serviço de garantia para quem comprou uma câmera da marca dentro ou fora do País. Se a filmadora comprada mostrar qualquer defeito durante o prazo de um ano após a compra, ela será substituída mediante ao diagnóstico da equipe técnica.

O envio do equipamento e devolução serão feitos via Correios e a empresa arcará com todos os custos de postagem. Caso a filmadora necessite de reparos, mas estiver fora do período de garantia, o cliente pode entrar em contato com o atendimento ao cliente para encontrar a melhor solução. O Suporte Técnico brasileiro da GoPro pode ser contatado pelos números (11) 4950-9290 ou 0800-761-8764 (ligação gratuita).

##RECOMENDA##

A GoPro divulgou nesta segunda-feira (6) a Hero4 Session, o menor modelo de câmeras da empresa até o momento. Segundo a companhia, o aparelho é 50% menor e 40% mais leve do que a GoPro Hero4 Black. A novidade ainda é à prova d'água, eliminando a necessidade do uso da caixa estanque. Vendida por US$ 399 (pouco mais de R$ 1.250), o modelo começa a ser vendido a partir do dia 12 de julho nos Estados Unidos.

A interface da Hero4 Session é extremamente simples. Há apenas um botão de controle para capturar fotos de até 8 megapixels e vídeos em em 1080p a 60 quadros por segundo, 1440p em 30, e 720p a 100. O aparelho conta ainda com suporte a Wi-Fi e Bluetooth. A bateria promete duas horas de gravação e pode ser recarregada através de entrada USB ou na tomada.

##RECOMENDA##

Um conjunto expandido de controles e configurações podem ser acessadas quando se utiliza o aplicativo da GoPro para smartphones ou o controle remoto inteligente da marca, que é vendido separadamente. "Com a Hero4 Session, nós nos desafiamos a produzir a menor, mais leve e mais conveniente GoPro possível", afirmou em nota o fundador da empresa, Nicholas Woodman.

A GoPro anuncia o lançamento de sua nova câmera, a  HERO+LCD. O equipamento captura vídeos em alta definição, com resolução de 1080p60 e fotos em 8 megapixels. Além disso, um display com tela sensível facilita o enquadramento das fotos, controle de configurações e acesso a um novo recurso de corte e compartilhamento de gravações. O aparelho chega ao Brasil até o final do ano, segundo a fabricante.

Robusta e à prova d’água a 40m de profundidade, a HERO+ LCD também inclui recursos como HiLight Tagging e ferramenta de edição de vídeo diretamente na câmera. Eles facilitam a identificação e compartilhamento dos melhores momentos gravados.

##RECOMENDA##

O HiLight Tagging permite marcar momentos-chave durante a gravação e reprodução para que o usuário possa encontrá-los mais tarde. O novo recurso de corte de vídeos, por sua vez, possibilita a criação de clipes curtos na câmera para um compartilhamento instintivo e sem a necessidade do uso de um computador. 

A câmera possui ainda Wi-Fi e Bluetooth, para que o equipamento se conecte ao aplicativo da GoPro para dispositivos móveis. A duração da bateria é de duas horas e câmera suporta cartão microSD de até 64 GB.

A HERO+ LCD já está disponível nas lojas físicas dos Estados Unidos e no site da GoPro por U$ 299.

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando