Tópicos | Sport

Depois de cumprir suspensão automática na última rodada do Brasileirão, o volante Jair poderá voltar a defender a camisa do Leão no próximo sábado (20), contra o Vasco, na Ilha do Retiro. Para o atleta, não é hora de abaixar a cabeça, e o duelo deve ser jogado como se fosse uma guerra.

“A gente tem que continuar trabalhando, lutando, não tem nada perdido. Temos que nos entregar do começo ao fim, encarar esse próximo jogo como uma guerra e como uma final. Espero que a gente possa fazer um bom jogo e sair com a vitória”, afirmou.

##RECOMENDA##

O camisa 88 já fez cinco partidas pelo Sport, e é visto como um reforço importante para o técnico Milton Mendes.

Por Thiago Herminio

Ainda abalado por conta da lesão que sofreu no domingo, durante a derrota para o Atlético-PR, Magrão não demorou para demonstrar sua confiança no talento de Mailson, seu provável substituto. Sem poder jogar pelo resto do ano, o ídolo do Leão pediu que a torcida abrace o jovem goleiro nesta reta final do Brasileirão.

“O Mailson é um menino que quando foi acionado mostrou muita personalidade, tranquilidade, e nesse momento a gente precisa que o torcedor abrace ele, apoie. E apoie também todos os jogadores, porque o momento nosso pede que todos possam se unir para tirar o Sport dessa situação”, falou.

##RECOMENDA##

Mailson é formado pela categoria de base do Sport, e já chegou a defender a camisa do clube no começo do Campeonato Brasileiro, enquanto Magrão se recuperava de uma lesão no joelho.

No desembarque do time em Recife, Magrão ainda falou sobre o momento exato da lesão. O goleiro de 41 anos têm contrato com o Sport até o final de 2019.

“Quando a bola saiu do pé do adversário, no cruzamento, eu vi que o atacante estava ganhando a frente do Ronaldo Alves, aí nisso eu saí pra disputar a bola, porque era uma bola dividida, e quando eu soquei, meu braço estava esticado e teve um choque, com a cabeça dele batendo no meu antebraço, e no momento que houve alí o choque, no ar, a lesão já fez por ali, não foi no chão, e sim no ar”, relatou.

O ídolo Rubro-Negro mostrou descontentamento com o desempenho geral do clube, mas decidiu manter a esperança.

“Nós estamos nessa posição, eu acho que não só pela defesa, mas o todo também, não sei quantos gols o ataque têm, mas o desempenho nosso até agora condiz com o porquê desses números, mas ainda há esperança, ainda há possibilidade”, expressou.

Por Thiago Herminio

O Sport segue na luta para se manter na primeira divisão do Campeonato Brasileiro. Depois de perder por 4 x 0 para o Atlético-PR, o Leão agora enfrentará o Vasco. A partida, válida pela 30ª rodada da Série A, será no sábado (20), às 19h, na Ilha do Retiro. Os ingressos online para o confronto já estão à venda. 

Os sócios rubro-negros poderão comprar seus ingressos através do site oficial do Clube, enquanto os não sócios compram pelo site da FutebolCard. Os sócios que aderiram à campanha Eu Quero A Ilha Lotada permanecem com o direito de resgatarem seu ingresso e de seus dependentes de forma gratuita. As bilheterias físicas começam a funcionar a partir da próxima quinta-feira (18). 

##RECOMENDA##

Confira os valores: 

Sócios

Sociais – R$ 5

Arquibancada sede – R$ 5

Arquibancada frontal – R$ 5

Cadeira assento especial – R$ 30

Cadeira ampliação – R$ 30

Cadeira central – R$ 40

Não-sócios

Arquibancada sede – R$ 10

Arquibancada frontal – R$ 10

Cadeira assento especial – R$ 60

Cadeira ampliação – R$ 60

Cadeira central – R$ 80

Proprietários Camarote – R$ 40

Cadeira central – R$ 40

Cadeira assento especial – R$ 30

Cadeira ampliação – R$ 30

Proprietário e sócio Camarote – R$ 5

Cadeira central – R$ 5

Cadeira assento especial – R$ 5

Cadeira ampliação – R$ 5

Conselheiro (todos os portões) – R$ 5

Sócio Campeão 87 Cadeira central – R$ 5

Visitante R$10 

LeiaJá também 

--> Após fratura, Magrão desfalca o Sport até o fim do ano

--> Milton Mendes após derrota: "A responsabilidade é minha"

O Sport perdeu mais uma no Campeonato Brasileiro. Desta vez, o placar foi de 4 x 0 para o Atlético-PR, na Arena da Baixada, no último domingo (14). Em entrevista coletiva concedida depois da partida, o técnico Milton Mendes assumiu a responsabilidade da derrota. 

"Os jogadores tentaram. Eles fizeram o melhor. A responsabilidade é minha. Assumo completamente. Os jogadores estão tentando dar o melhor. Espero que rapidamente a gente consiga levantar o astral. Eu estou com eles sempre e até o fim", disse. 

##RECOMENDA##

Mesmo depois de uma derrota significativa, o treinador Milton Mendes afirmou que seguirá focado enquanto houver chances de permanência na primeira divisão. "Podemos melhorar. É importante estarmos tranquilos e errar o menos possível. O cálculo é feito jogo a jogo e não vou mudar isso. Se fizermos nossa parte nós nos manteremos na Série A. Temos nove jogos e temos, pelo menos, que ganhar 15 pontos. O importante é estarmos bem e focados para buscarmos nosso objetivo. E isso é possível". 

A próxima partida do Sport na Série A será no sábado (20), às 19h, na Ilha do Retiro, contra o Vasco. A equipe carioca está na 13ª colocação e a sete pontos do à frente do Leão. 

LeiaJá também

--> Após fratura, Magrão desfalca o Sport até o fim do ano

O Sport perdeu de goleada para o Atlético-PR, na Arena da Baixada, no último domingo (14), e o que não poderia piorar, piorou. Além dos 4 x 0 no placar, o Leão também perdeu um importante jogador para o restante da temporada. O goleiro Magrão fraturou o antebraço direito e desfalcará o clube rubro-negro até o final do ano.

Aos 26 minutos do segundo tempo, Magrão se chocou com o zagueiro Ronaldo Alves, ao tentar cortar um cruzamento do Atlético-PR. Mesmo com muita dor, o goleiro permaneceu em campo até os 34 minutos. Ao deixar o gramado, ele foi levado diretamente para um hospital em Curitiba, onde recebeu os primeiros cuidados. 

##RECOMENDA##

Em nota, o Sport informou que Magrão passará por uma reavaliação pelo Departamento Médico do clube nesta segunda-feira (15). O certo é que o atleta deverá ser submetido a uma cirurgia ainda esta semana. O tempo previsto para recuperação é de cerca de três meses. Outras informações só serão divulgadas após os novos exames.

O Sport Club do Recife não suportou a pressão do Atlético-PR e perdeu o confronto realizado na noite deste domingo. O Leão da Ilha perdeu o jogo por 4 a 0 para o Furacão. Destaque para os gols de Bergson (2) e Rony, ambos ex-jogadores do Náutico.

Como era esperado, o Atlético-PR começou pressionando o Leão da Ilha do Retiro. Com 10 minutos de jogo o time da casa estava com todo seu time no campo de defesa do Sport. Com isso, um dos nomes do jogo começou a aparecer. O goleiro Magrão salvou o Sport em duas oportunidades seguidas. A primeira com Marcelo Cirino, uma grande defesa com o pé, para, em seguidas, realizar bela defesa após a finalização de Lucho Gonzalez.

##RECOMENDA##

A resposta do Sport veio dois minutos depois. Michel Bastos finaliza depois da cobrança de escanteio. A bola sobrou para Marlone que mandou tirando tinta da trave do goleiro Santos.

Mesmo pressionado, o Sport teve calma para equilibrar a partida. Anulando os jogadores das laterais do adversário, o Leão da Ilha passou a dominar o meio de campo do adversário. Mas era o Atlético que chegava com mais perigo na eminência de abrir o placar na Arena da Baixada.

Com uma proposta de fechar a defesa e tentar conseguir o gol na base do contra-ataque, o time pernambucano conseguiu segurar o placar em 0 a 0 até o final do primeiro tempo.

E o gol que não saiu nos 45 minutos iniciais, saiu logo no início da segunda etapa. Aos dois minutos, Raphael Veiga cobrou falta na medida para Thiago Heleno subir mais que toda a defesa e cabecear no ângulo. 1 a 0.

Aos nove minutos, após levantamento na área, a bola tocou na mão do defensor e o árbitro assinalou o pênalti. Bergson bateu com estilo e ampliou o marcador no Caldeirão. 2x0.

Veiga quase marcou um gol de placa aos 15’. Ele pegou a bola na defesa, foi carregando e, próximo à área, mandou a bomba de canhota. Magrão foi buscar lá no ângulo e colocou para escanteio.

Aos 24’, Jonathan cruzou, o goleiro trombou com o zagueiro e a bola ficou viva na área. Veiga tentou a finalização de voleio e a bola passou tirando tinta da trave.

Aos 35 minutos, Magrão sentiu uma contusão e precisou sair de campo. Como o Sport já havia realizado as três substituições, o meia Gabriel assumiu a meta do time pernambucano. Três minutos depois, Bergson dominou a bola após sobra dentro da área e, na cara do gol, não desperdiçou. Bola no fundo das redes e 3 a 0 no placar.

Depois, aos 40’, Bergson puxou o contra-ataque e tocou na esquerda para Rony. O atacante bateu no alto e fechou a goleada em 4 a 0.

Com informações de assessoria

Segunda pior defesa do Campeonato Brasileiro, com 45 gols sofridos, o Sport tenta superar os desfalques para buscar uma vitória diante do Atlético Paranaense em plena Arena da Baixada, pela 29ª rodada, neste domingo, às 19 horas. O técnico Milton Mendes não poderá contar com os zagueiros Durval e Max, o lateral Sander, o volante Jair e o atacante Rogério.

Os dois primeiros estão com problemas físicos e foram vetados pelo departamento médico, assim como o atacante Rogério. Já Sander e Jair, titulares na vitória de virada para cima do Internacional por 2 a 1, estão suspensos. Em suas vagas entram Evandro e Fellipe Bastos, respectivamente. Michel Bastos seguirá atuando como um falso 9.

##RECOMENDA##

Milton Mendes fez muitos elogios ao adversário, que acumula 10 vitórias seguidas em casa, mas parece já saber bem o que seu time precisa fazer em campo. "Temos que ter todos os cuidados. O Atlético-PR é uma equipe que se defende bem, pressiona alto, e é por aí que pode ser proveitoso para nós. É uma equipe perigosa, tem vários jogadores bons. Nós sabemos como eles jogam. Então temos que tentar não deixar eles fazer o que eles têm de melhor e tentar usar o que eles tem de não tão bom", afirma o técnico.

Apesar da vitória surpreendente sobre o Inter por 2 a 1, de virada, o Sport segue em situação delicada no Brasileirão, já que aparece com 27 pontos e com mais de 50% de chances de ser rebaixado.

"Nós tivemos uma semana boa, tranquila, com condições de fazer muita coisa. Nosso papel é dar tranquilidade aos jogadores e mostrar qual é o caminho, e assim estamos fazendo. Estamos preparados para ter consistência defensiva e ir atrás do nosso objetivo", discursou Mendes, de forma otimista.

A partida contra o Atlético-PR neste domingo (14), às 19h, na Arena da Baixada, será a terceira do técnico Milton Mendes no comando do Sport. E pela terceira vez, a braçadeira de capitão terá um novo dono. Os primeiros capitães da equipe foram o goleiro Magrão e o meia Marlone. Desta vez, o dono da braçadeira será o meia Michel Bastos.

Para Milton Mendes, o rodízio é uma forma de dividir as responsabilidades entre o elenco. "Todos que aqui estão têm importância e devem exercitar os seus papéis de liderança. Nesse momento, precisamos de todos se incentivando mutuamente. Um convocando o outro para dar o seu melhor. Nós não temos apenas um capitão", explicou.

##RECOMENDA##

Depois de vencer o Internacional, na Ilha do Retiro, o Sport teve uma semana completa de treinamentos visando o Atlético-PR. O confronto será no domingo (14), às 19h, na Arena da Baixada. Em entrevista coletiva antes de seguir viagem para Curitiba, o técnico Milton Mendes falou sobre os perigos da partida.

"Temos que ter todos os cuidados. O Atlético-PR é uma equipe que se defende bem, pressiona alto, e é por ai que pode ser proveitoso para nós. É uma equipe perigosa, tem vários jogadores bons. Nós sabemos como eles jogam, então temos que tentar não deixar eles fazerem o que eles têm de melhor e tentar usar o que eles tem de não tão bom", afirmou.

##RECOMENDA##

Milton Mendes ainda avaliou como positiva a preparação da equipe para o jogo. "Nós tivemos uma semana boa, tranquila, com condições de fazer muita coisa. Nosso papel é dar tranquilidade aos jogadores e mostrar qual é o caminho, e assim estamos fazendo. Estamos preparados para ter consistência defensiva e ir atrás do nosso objetivo".

Durante uma entrevista coletiva, o volante Fellipe Bastos falou sobre sua reintegração ao elenco rubro-negro e ao time titular do Sport. "Estou parecendo um menino que acabou de subir da base, querendo mostrar serviço e querendo mostrar que essa situação é capaz de ser mudada. As semanas que eu fiquei de fora foram complicadas, difíceis e eu volto muito mais forte do que quando eu deixei o grupo", disse.

Reintegrado, Fellipe Bastos agora foca em tirar o Sport da incômoda zona de rebaixamento. O Leão ocupa a vice-lanterna da competição, com apenas 27 pontos conquistados. "Eu quero tirar o Sport dessa situação. É o pensamento de todos. Trazer a alegria para o torcedor e no ano que vem eu penso depois do dia 2 de dezembro, penso com a diretoria e presidência. Mas agora temos que gastar as forças em tirar o Sport dessa situação e depois pensar no outro passo", afirmou.

##RECOMENDA##

O próximo desafio do Sport na Série A será no domingo (14), às 19h, contra o Atlético-PR, na Arena da Baixada. O Furacão é o 10º colocado na tabela, com 36 pontos.

Fellipe Bastos retorna ao time titular do Sport depois de um mês sem ser relacionado para entrar em campo no início das partidas. O volante revelou que nunca baixou a cabeça diante dos problemas e que treinou muito para este momento.

“Estou parecendo um menino que acabou de subir da base, querendo mostrar serviço e querendo mostrar que essa situação é capaz de ser mudada. Isso é uma vitória para mim. Eu falei que ia trabalhar forte para voltar melhor ainda. As semanas que eu fiquei de fora foram complicadas, difíceis e eu volto muito mais forte do que quando eu deixei o grupo”, expressou o volante.

##RECOMENDA##

O atleta afirmou que todo o elenco está focado em trazer alegrias aos torcedores do Leão. “Eu quero tirar o Sport dessa situação. É o pensamento de todos”. Fellipe também relembrou seu choro na vitória contra o Internacional. O volante entrou no final do segundo tempo e participou do lance que deu o gol da virada.

“Foi um momento de extravaso. Eu chorei muito, as pessoas que estavam no vestiário viram. E eu falei que eu vou chorar bastante até o final porque eu sou chorão e eu espero chorar de felicidade em tirar o Sport dessa situação”, relatou.

Por Thiago Herminio

O lateral-esquerdo Evandro se mostrou tranquilo diante da possibilidade de ser titular no próximo jogo do Sport. O Rubro-Negro pernambucano enfrenta o Atlético Paranaense no domingo (14), na Arena da Baixada, às 19h.

“A expectativa é boa, sempre trabalhei forte, mantive a cabeça fria que sabia que uma hora a oportunidade ia chegar. O treinador me deu total confiança, também tenho o apoio do grupo, e estou com a cabeça boa. Espero fazer uma boa partida para ajudar o time a sair com os três pontos”, afirmou.

##RECOMENDA##

Sobre o trabalho do técnico Milton Mendes, que recentemente realizou um coletivo em campo molhado como estratégia, o lateral não poupou elogios. Segundo Evandro, o clima no grupo está bem mais leve graças ao treinador, o que pode beneficiar o Leão no duelo de domingo.

“Acho que ele sabe ganhar o grupo. O elenco está se sentindo mais leve. A confiança que ele passa é diferente. Acho que isso é o que faz o atleta render dentro do campo. Ele dá liberdade, assume total responsabilidade de erros e acertos da equipe. Essa tranqüilidade que ele passa pra gente é o que realmente está mudando o nosso grupo”, concluiu o jogador.

Por Thiago Herminio

 Desde que Milton Mendes chegou ao Sport, é notória a mudança positiva que chegou ao clima de toda a equipe. Na última terça-feira (9), o meia Gabriel chegou a afirmar em entrevista coletiva que o treinador deu uma 'injeção de ânimo' à equipe rubro-negra

Depois do meia, foi a vez de Michel Bastos elogiar a postura e o trabalho do técnico rubro-negro. "Eu sempre fui a favor do treinador que trabalha com a psicologia, isso é muito importante e o Milton é assim", disse. 

##RECOMENDA##

"Ele trata a todos da mesma maneira. No dia a dia ele sempre almoça com a gente, fica com todo mundo na mesma mesa. Ele tem um estilo europeu e a galera está gostando", declarou. 

LeiaJá também 

--> Funcionário do Sport se emociona ao declarar apoio ao time

Reintegrado ao elenco do Sport, Michel Bastos quebrou o silêncio durante uma entrevista coletiva concedida na última quarta-feira (10). O meia, que foi afastado do grupo pela antiga diretoria de futebol, revelou que, até hoje, não conhece o motivo real do fato. 

"Foi difícil (ficar afastado) porque como eu sempre falei, não foi o Sport que me escolheu. Eu escolhi estar aqui, foi uma vontade minha de chegar em um clube e ser referência. Foi difícil porque realmente pediram a minha saída. O motivo eu não sei", disse. 

##RECOMENDA##

"Eu vim para ajudar o Sport, vim para jogar, ser referência e quando você fica de fora, com o time naquela situação e você sem poder ajudar, é muito difícil. Mas agora eu estou feliz em jogar e ajudar da melhor maneira possível, com minha experiência e com a qualidade que eu tenho", completou. 

Michel Bastos ainda fez questão de agradecer ao elenco rubro-negro pelo apoio recebido durante o momento afastado.  "O maior motivo, posso até falar por Fellipe, da gente não baixar a cabeça naquela situação, foi o grupo. Ninguém entendia essa decisão que foi tomada. A gente vê na imprensa que o motivo da nossa saída foi a postagem de polêmica. Mas a nossa saída foi pedida bem antes das postagens, se vocês não sabem disso. E o grupo pediu por nós", revelou. 

"Quando a gente treinava no campo ao lado, o pessoal falava com a gente, pedindo para a gente treinar e não baixar a cabeça. Um dos maiores motivos da gente não esmorecer foi esse grupo, que é espetacular. Mesmo com a situação difícil, o momento financeiro, todo mundo não deixa de trabalhar e eu fico feliz de estar aqui", finalizou.

Depois de vencer o Internacional na Ilha do Retiro, o Sport quer continuar tendo bons resultados na Série A. Para isso, o Leão precisa bater o Atlético-PR, seu próximo adversário no domingo (14), às 19h, na Arena da Baixada. Para o volante Marcão, a palavra-chave para se dar bem na 29ª rodada é: doação. 

"A vitória foi importante pela forma que foi conquistada. Mostra que estamos no caminho certo. Mas se quisermos sair de Curitiba com um bom resultado, sabemos que temos que nos doar ainda mais. Precisamos suar ainda mais. É com esse espírito e entrega que vamos arrancar no campeonato para deixar a zona do rebaixamento o quanto antes", disse. 

##RECOMENDA##

Com alguns atletas cumprindo e suspensão, o técnico Milton Mendes não poderá repetir a mesma equipe que jogou diante do Inter. Para Marcão, as mudanças não irão prejudicar o Sport. Segundo ele, o grupo rubro-negro é muito bem qualificado. 

"O Sport tem um elenco forte. Quem entra está preparado e em condições para substituir à altura quem vinha jogando. Vamos trabalhar pesado durante a semana para chegar na Arena da Baixada e fazer tudo aquilo que o professor nos pediu", encerrou. 

LeiaJá também 

--> Sport x Atlético-PR: Leão venceu quatro dos últimos oito

--> "Milton deu uma injeção de ânimo à equipe", diz Gabriel

Cauteloso, devido à necessidade de jogar em gramado sintético contra o Atlético Paranaense, no próximo domingo (14), o técnico Milton Mendes decidiu fazer um treino coletivo com o campo molhado. A ideia era deixar o local mais semelhante com as condições que serão encontradas na Arena da Baixada.

O time que possivelmente entrará em campo contra o Atlético-PR foi formado por Magrão; Raul Prata, Ernando, Adryelson e Evandro; Marcão, Fellipe Bastos e Marlone; Gabriel, Mateus Gonçalves e Michel Bastos. Ainda há possibilidade de Hernane Brocador e Neto Moura entrarem no segundo tempo.

##RECOMENDA##

Durante o treino, o técnico do Rubro-Negro fez questão de simular jogadas de bolas paradas, dando maior ênfase à formação defensiva da equipe em escanteios.

Por Thiago Herminio

 

Sport e Atlético-PR vão se enfrentar no próximo domingo (14), às 19h, na Arena da Baixada, pela 29ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. Já entrando no clima do confronto, o LeiaJá separou os últimos oitos jogos entre as duas equipes pelo Brasileirão. Ao todo, foram quatro vitórias do Leão, dois empates e duas vitórias do Furacão.

Histórico:

##RECOMENDA##

Atlético-PR 0 x 1 Sport - 16/11/2014

Atlético-PR 1x1 Sport - 09/08/2015 

Sport 0 x 0 Atlético-PR - 22/11/2015 

Sport 2 x 0 Atlético-PR - 30/07/2016 

Atlético-PR 2 x 0 Sport - 20/11/2016 

Sport 1 x 0 Atlético-PR - 02/07/2017 

Atlético-PR 2 x 1 Sport - 22/10/2017 

Sport 1 x 0 Atlético-PR - 06/06/2018 

Confira os confrontos: 

[@#video#@]

--> Dois titulares desfalcam o Sport contra o Atlético-PR

 

Durante uma entrevista coletiva concedida na última terça-feira (10), o meia Gabriel falou sobre a importância que o treinador Milton Mendes tem tido para o elenco do Sport. De acordo com o atleta, o técnico conseguiu 'levantar a estima' do grupo. 

"Milton deu uma injeção de ânimo à equipe, que conseguiu fazer gols nos últimos jogos, e conseguiu elevar a estima de todos. É isso que precisamos para o resto do Campeonato. Vamos dar o nosso melhor", disse. 

##RECOMENDA##

O próximo confronto do Sport na Série A será no domingo (14), às 19h, contra o Atlético-PR, na Arena da Baixada. Para Gabriel, a partida não será fácil e, por isso, não poderá haver erros. 

"A Série A é extremamente equilibrada e claro que temos chance de vencer fora de casa. Os jogos são definidos por um detalhe e não podemos errar lá", afirmou. "Será um jogo difícil, assim como é para todos os times que jogam na Baixada. Mas temos que pensar em pontuar, em sair com a vitória. Precisamos nos concentrar em fazer um bom jogo e ganhar, independente dos outros resultados da tabela", completou Gabriel. 

LeiaJá também

--> Dois titulares desfalcam o Sport contra o Atlético-PR

O Sport ficará sem dois titulares para a partida contra o Atlético-PR no próximo domingo (14), às 19h, na Arena da Baixada. O lateral-esquerdo Sander e o volante Jair tomaram o terceiro cartão amarelo e, por isso, vão desfalcar a equipe rubro-negra no confronto. 

Com a suspensão dos dois atletas, Evandro e Fellipe Bastos são os jogadores mais cotados para as respectivas vagas. O primeiro, fez apenas uma partida neste ano e, exatamente, contra o Atlético-PR, no primeiro turno, quando o Leão venceu por 1 x 0. 

##RECOMENDA##

Já o volante Fellipe Bastos estava afastado do time devido a uma polêmica em suas redes sociais envolvendo a antiga diretoria do clube. Com a chegada de Milton Mendes, o atleta voltou a ter espaço na equipe e chegou a atuar na vitória por 2 x 1 sobre o Internacional. 

LeiaJá também

--> Matheus: 'A confiança do time em sair do Z4 é de 100%'

Mesmo depois de bater o Internacional por 2 x 1 na Ilha do Retiro, o Sport permanece na vice-lanterna da Série A do Campeonato Brasileiro. Mas, para o atacante Matheus Gonçalves, a confiança do elenco rubro-negro em deixar a tão temida Zona de Rebaixamento é de 100%. O atleta foi o autor do gol da virada do Leão sobre a equipe colorada. 

"A confiança do time em sair dessa situação está 100%. É uma missão difícil, nós sabemos, mas não é impossível. O pulso ainda está pulsando. Vamos buscar as vitórias, pontuar e sair dessa situação", disse. 

##RECOMENDA##

O próximo confronto do Sport será diante do Atlético-PR, no domingo (14), na Arena da Baixada. O atacante Matheus falou sobre suas expectativas para a partida. "Queremos ir para lá para sair com a vitória. Estamos motivados para isso. Fiquei muito feliz de poder ter marcado e de ter conquistado os três pontos e espero que possa novamente acontecer. Estamos todos nos ajudando para fazer com o que o Sport siga ganhando". 

LeiaJá também 

--> Hernane Brocador é reintegrado ao elenco do Sport

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando